No País de Minh’alma há um Rio sem Mágoas./Auta de Souza

Página azul No país de minh’alma há um rio sem mágoas, Um rio cheio de ouro e de tanta harmonia, Que se cuida escutar no marulhar das águas Do sussurro de um beijo a doce melodia. Este rio é o meu sonho, um sonho azul e puro, Como um canto do Céu, como um braço Leia Mais