A Festa da Páscoa é a Festa

A Festa da Páscoa é a Festa da Ressurreição de Jesus

menino de páscoa

PÁSCOA – BENÇÃO DE DEUS

CARINHOS DE PÁSCOA

A festa da Páscoa é a festa da ressurreição de Jesus. Celebrar a Páscoa, significa celebrar a “Vida” Celebrar a Páscoa é deixar morrer tudo que há de “menor” em nós (os defeitos, as incompreensões, a falta de amor…)e deixar “ressurgir, ressuscitar” tudo que temos de bom, de grandioso em nós. É deixar o Cristo viver em nós. Celebramos a Páscoa, meu amigo, minha amiga, meu irmão, minha irmã! Comecemos agora a cultivar o amor de Cristo e a alegria invadirá nossos corações. Comecemos agora a aceitar o nosso semelhante, cultivemos a compreensão, a confiança, e nos sentiremos melhor. Comecemos a crer no outro, e sermos bondosos e pacientes, humildes e diligentes. Comecemos agora a perdoar de coração,e a ter coragem de também, pedir perdão! Comecemos agora a nos alegrarmos com a verdade, a desculpar (as imperfeições), a crer, a realizar dias melhores, e promover a paz. Comecemos agora, juntos, a “vivermos” a ressurreição do Cristo que nos faz “família”. É Páscoa, todo dia , quando somos capazes de olharmos para os lados, ver em todos que nos cercam um “irmão”, filhos do mesmo Pai.

Bom dia!

Dizem que na vida quem perde o telhado ganha as estrelas. É assim mesmo. Às vezes, você perde o que não queria, mas conquista o que nunca imaginou. Nem tudo depende de um tempo, mas sim de uma atitude. O tempo é como um rio, você jamais tocará na mesma água duas vezes. Aproveite cada minuto de sua vida, não procure pessoas perfeitas, mas sim aquelas que saibam o seu verdadeiro valor. Tenham 4 amores: Deus, a vida, a família e os amigos. Deus porque é o dono da vida, a vida porque é curta, a família porque é única e os amigos porque são raros!
Que Deus abençoe a sua vida e a sua família com paz, amor, harmonia, tolerância, compaixão e felicidade!

Feliz Páscoa, todos os dias!

FELIZ PÁSCOA COELHO

Além-Túmulo

“E, se não há ressurreição de mortos, também o Cristo não ressus citou.” – Paulo. (1ª EPÍSTOLA AOS CORÍNTIOS, capítulo 15, versículo 13.)
Teólogos eminentes, tentando harmonizar interesses temporais e espirituais, obscureceram o problema da morte, impondo sombrias perspectivas à simples solução que lhe é própria.
Muitos deles situaram as almas em determinadas zonas de punição ou de expurgo, como se fossem absolutos senhores dos elementos indispensáveis àanálise definitiva. Declararam outros que, no instante da grande transição, submerge-se o homem num sono indefinível até o dia derradeiro consagrado ao Juízo Final.
Hoje, no entanto, reconhece a inteligência humana que a lógica evolveu com todas as possibilidades de observação e raciocínio.
Ressurreição é vida infinita. Vida é trabalho, júbilo e criação na eternidade.
Como qualificar a pretensão daqueles que designam vizinhos e conhecidos para o inferno ilimitado no tempo? como acreditar permaneçam adormecidos milhões de criaturas, aguardando o minuto decisivo de julgamento, quando o próprio Jesus se afirma em atividade incessante?
Os argumentos teológicos são respeitáveis; no entanto, não deveremos desprezar a simplicidade da lógica humana.
Comentando o assunto, portas a dentro do esforço cristão, somos compelidos a reconhecer que os negadores do processo evolutivo do homem espiritual, depois do sepulcro, definem-se contra o próprio Evangelho. O Mestre dos Mestres ressuscitou em trabalho edificante. Quem, desse modo, atravessará o portal da morte para cair em ociosidade incompreensível? Somos almas, em função de aperfeiçoamento, e, além do túmulo, encontramos a continuação do esforço e da vida.
XAVIER, Francisco Cândido. Caminho, Verdade e Vida.
Pelo Espírito Emmanuel. 28.ed. Brasília: FEB, 2009. Capítulo 68.

JESUS LUZ DA PÁSCOA

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/