Amem-Se Cada Vez Mais - Bezerra de Menezes

Amem-Se Cada Vez Mais – Bezerra de Menezes

Amem-Se Cada Vez Mais – Bezerra de Menezes

AMEM-SE BEZERRA DE MENEZES

O Poder Religioso

 

Companheiros. Amem-se, cada vez mais. Amem-se com aquele amor que cobre a multidão dos pecados. Amem-se, em nome de Jesus, com o Espírito da Verdade presidindo os seus sentimentos.
Na seara espírita, é esta a mais difícil tarefa que o homem tem sobre a terra, pois ela representa aquela ponte que separa dois ciclos evolutivos.
É preciso entender que muitos pensarão em tomar de assalto esta seara, muitos tentarão a pseudo-salvação através de suas verdades, trazendo ao solo santo da seara as suas impurezas, desejando que o Senhor se submeta aos seus caprichos.
Falarão em nome da Doutrina para – explorá-la em proveito próprio. Trabalharão em nome da Doutrina para conduzir os seus interesses particulares a uma situação de destaque.
Não temamos, pequeno rebanho. Seja a sua palavra sim, sim, não, anão.
Continuemos com o Cristo, o Mestre e Senhor de todos nós, perguntando-lhe humildemente: “que queres que eu faça?”, buscando a vontade do Senhor para nós e para os nossos irmãos de jornada.
Trapacear com a verdade foi o crime religioso ,de todos os tempos.
Não tenhamos dúvida de que o interesse idas sombras é colocar dentro das fileiras espiritistas aqueles corações desavisados e ainda comprometidos por um passado ainda não liquidado para, através deles, penetrarem no cerne do movimento de libertação das almas, atingindo os seus principais centros de atividades na Terra, fazendo surgir, aqui e alhures, processos desconcertantes.
A cegueira da alma que se deixou vitimar pela vaidade impede a verificação do erro em curso.
Prossigam na obra abençoada do esclarecimento doutrinário, embora empenhados em fazer o seu trabalho dentro do espírito do Cristo, que é o espírito da caridade.
Não restam dúvidas de que, mais do que nunca, chegam agora às fileiras do Espiritismo aqueles que se comprometeram ,seriamente com o processo religioso na Terra. São antigos fracassados religiosos que, embora arrependidos nó plano espiritual, apresentam ainda brechas muito grandes, na repetição de seus feitos de outrora, e, embora cientes da realidade do Espiritismo, desejam repetir por si e por outros a posição de poder a que se acostumaram.
O poder religioso está neles reprimido graças ao esclarecimento da Doutrina consoladora; mas, a ânsia desse poder permanece-lhes jugulando os corações e tentam, nos seus desesperos e nas suas incontinências, repetir o ontem desastroso
Os espíritos intelectualizados, mas distanciados do Evangelho, revestem o seu pensamento dos aspectos dourados de uma liberdade apressada, de uma valorização sem compromissos, fazendo ressurgir o endeusamento do “eu”.
Dentro dessa feição, amigos da caravana, que o seu amor, que a sua caridade não dispense o bom senso, o equilíbrio da visão harmoniosa dos objetivos da Doutrina, a fim de terem a melhor palavra, o melhor caminho para todos os nossos companheiros.
Não esqueçam de que o seu compromisso maior é com Jesus. Fora de Jesus, fora da caridade não há salvação.

 

Página recebida pelo médium A.I.M., na reunião do Grupo Ismael, da Federação
Espírita Brasileira, em 2/10/73, no Rio de Janeiro, GB.
Reformador – Fevereiro de 1975
Autor: Bezerra de Menezes – Psicografia de A.I.M.

PRESENÇA DE DEUS EMMANUEL

Não desanimar

 

Cabe-nos não desanimar; prosseguir com o espírito voltado para o bem, de tal forma, que as paixões primitivas cedam lugar às peregrinas virtudes descendentes do amor.
Desesperada, a criatura humana suplica misericórdia, e os céus generosos fazem chover sobre a terra as messes de misericórdia e de encorajamento para a vida.
Não vos deixeis contaminar pelos desequilíbrios que grassam, pelo vírus do horror, que leva a vida aos patamares mais sofridos. Erguei-vos em pensamentos e em ação Àquele que nos prometeu estar conosco em qualquer circunstância para que pudéssemos ter vida e vida em abundância.
Filhos da alma, vossos guias espirituais adejam ao vosso lado como aves sublimes de ternura, aguardando a oportunidade de manter convosco intercâmbio iluminativo.
Não vos permitais o luxo da negativa às suas inspirações gloriosas. Não recalcitreis ante o espinho cravado nas carnes da alma de que necessitais momentaneamente.
Desde quando conhecestes Jesus, tendes o descer de demonstrar-lhe fidelidade e amor, basta-vos abrir os sentimentos de fraternidade e de misericórdia para com todos aqueles que sofrem, perdoando-vos os equívocos e perdoando as agressões que vos chegam ameaçadoras.
Ninguém a sós, em nome desses espíritas, que comparecem a este evento há cinquenta e nove anos sucessivamente.
Nós vos conclamamos à diretriz de segurança para uma existência de paz. Amar! Sede vós aqueles que amam. Rejeitados, menosprezados e até perseguidos, aureolai-vos no amor para que se exteriorizem os sentimentos sublimes do Cordeiro de Deus e em breve possamos ver bebendo no mesmo córrego, o lobo e o cordeiro, os bons e os ainda maus, fascinados pela água pura do Evangelho libertador.
Ide em paz, meus filhos, retornai aos vossos lares e buscai a luz da verdade que dissipa a ignorância e que anula a treva.
Jesus conta convosco na razão direta em que com Ele contamos. Abençoe-nos o incomparável amigo Jesus e dê-nos a sua bênção de paz.
Com muito carinho, o servidor humílimo e paternal de sempre,

Bezerra

 

Divaldo Pereira Franco. Pelo Espírito Bezerra de Menezes.
Na conferência de encerramento da 59ª Semana Espírita de Vitória da Conquista, em 9.9.2012.

AMOR É VIDA

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/