AMOR DE MÃE FELIZ

AMOR DE MÃE-FELIZ DIA DAS MÃES

AMOR DE MÃE FELIZ DIA DAS MÃES 

FELIZ DIA DAS MÃES

FELIZ DIA DAS MÃES

Amor de Mãe

 

É a verdadeira expressão de amor
Percebemos isso nos seus gestos do dia–a–dia
As palavras de carinho, os cuidados e o seu calor
Tudo nos faz sentir especial e viver com alegria.
Recebeu de Deus a missão de dar a luz
Num ato de doação o seu corpo passa por transformações
Embora correndo risco de vida, tem sempre a proteção de Jesus
Para que a humanidade perpetue por várias gerações.
O seu sorriso é sempre repleto de ternura
Por mais que estejamos tristes, sabe nos alegrar
A fim de eliminar da nossa alma qualquer amargura.
Para a mãe, filho é para a eternidade.
Preocupa-se com cada passo que vai dar
Porque é a guardiã de toda nossa felicidade.
É aquela que ri o nosso riso
E chora a nossa dor
E nos diz a verdade que dói
E nos ameniza a dor que rói
É aquela que nos presta atenção
E nos dá a solução.

PARABÉNS PELO SEU DIA MÃE.!

FELIZ DIA DAS MÃES

Para Você, Mãezinha
Mãezinha querida:

 
No seu dia abençoado, quando tantos salões se abrem, festivos, para glorificarem seu nome, quero contar-lhe que é em você que eu penso todos os dias.
Quando volto à casa, depois dos estudos, com os dedos manchados de tinta, penso em você para guardar meus livros e lavar minhas mãos.
Quando alguém me aborrece ou magoa, corro para você com o desejo de ocultar-me em seu colo.
Quando o dia amanhece, quero estar ao seu lado e, quando o cansaço me encontra, cada noite, busco você para dormir tranquilamente.
Mãezinha, quando eu errar, não me abandone… Ampare-me nas asas doces dos seus braços e ensine-me a andar no caminho reto.
Você ainda não viu quanto a amo? Fico triste se você chora e estou alegre quando você sorri.
Por onde vou, sua imagem está sempre comigo, porque você é o Anjo que Deus colocou na Terra para guiar-me os passos.
Adoro você, estou em seu carinho, como a flor no coração amoroso da árvore…
Por isso, Mãezinha querida, penso em você, não somente hoje, mas sempre, eternamente.

Pelo Espírito Meimei
XAVIER, Francisco Cândido. Antologia da Criança. Espíritos Diversos. IDEAL. Capítulo 4.

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/