TRÊS ESCOLHAS DA LEI DO BEM

AS TRÊS ESCOLHAS DA LEI DO BEM

AS TRÊS ESCOLHAS

O discípulo apresentou-se ao orientador cristão e indagou: – Instrutor, em sua opinião, qual é a Lei que englobaria em si todas as Leis de Deus?
O orientador respondeu: – A Lei do Bem.
– Entretanto acrescentou o aprendiz, quem diz “Lei” refere-se a clima de ação que todos devemos observar.
– Isto mesmo.
– Nesse caso, onde ficaria o nosso livre-arbítrio?
O orientador meditou alguns momentos e considerou:
– O livre-arbítrio é concedido a todas as criaturas conscientes, porquanto, “a cada espírito será dado o que lhe cabe receber, conforme as próprias obras”. O Criador, porém, não é autor de violência. Por isso, até mesmo ante a Lei do bem, a pessoa humana dispõe de três opções distintas. Poderemos segui-la, parar na senda evolutiva de modo a não segui-la, ou afastarmo-nos dela pelos despenhadeiros do mal.
– Instrutor amigo, esclareça, por obséquio, a que resultados nos levam as três escolhas referidas?…
O mentor aclarou com serenidade: – Os que observam a Lei do bem se encaminham para as esferas superiores; os que preferem descansar em caminho, por vezes se demoram muito tempo na inércia, retornando a marcha com muitas dificuldades para a readaptação às tarefas da jornada; e os que se distanciam voluntariamente, nos resvaladouros do desequilíbrio, muitas vezes gastam séculos, presos nos princípios de causa e efeito, até que, um dia, deliberem aceitar a própria renovação.
Compreendeu?… O aprendiz fez leve movimento afirmativo e começou a pensar.
Página de Chico Xavier ditada pelo Espírito Emmanuel. Livro: O Essencial. Lição nº 13. Página 47.
 

Sem Jesus uma flor tem mil espinhos com Jesus um espinho tem mil flores.
Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.
Bezerra de Menezes

PRECE DE CURA

Que Bezerra de Menezes e suas falanges de espíritos de luz visitem os lares de todos os doentes neste momento, levando energias curativas e bálsamos de paz e de amor.
Que todos que enfrentam o câncer, a depressão e demais doenças do corpo físico e espiritual busquem no Deus que habita o próprio ser a força para continuar à lutar.
Que as dores que puderem ser amenizadas sejam amenizadas.
Que as feridas que puderem ser cicatrizadas sejam cicatrizadas.
Que as doenças que puderem ser curadas sejam curadas.
Que toda doença traga aos que sofrem o aprendizado espiritual às almas que sentem dor.
Que todos que sofrem compreendam que a vida sempre sabe o que faz e que busquem em Jesus o amparo…o consolo e a paz.
Que o Mestre Jesus envolva a todos com sua luz inspirando-lhes coragem…resignação e fé!
Que a espiritualidade maior derrame uma chuva de energias curativas sobre os lares dos doentes e sobre todos os leitos hospitalares!

Que Assim Seja!

Contempla mais longe

“Porque com a mesma medida com que medirdes
também vos medirão.” Jesus (Lucas, 6:38)
Para o esquimó, o céu é um continente de gelo, sustentado a focas.
Para o selvagem da floresta, não há outro paraíso, além da caça abundante.
Para o homem de religião sectária, a glória de além ­túmulo pertence exclusivamente a ele e aos que se lhe afeiçoam.
Para o sábio, este mundo e os círculos celestiais que o rodeiam são pequeninos departamentos do Universo.
Transfere a observação para o teu campo de experiência diária e não olvides que as situações externas serão retratadas em teu plano interior, segundo o material de reflexão que acolhes na consciência.
Se perseverares na cólera, todas as forças em torno te parecerão iradas.
Se preferes a tristeza, anotarás o desalento, em cada trecho do caminho.
Se duvidas de ti próprio, ninguém confia em teu esforço.
Se te habituaste às perturbações e aos atritos, dificilmente saberás viver em paz contigo mesmo.
Respirarás na zona superior ou inferior, torturada ou tranquila, em que colocas a própria mente. E, dentro da organização na qual te comprazes, viverás com os gênios que invocas.
Se te deténs no repouso, poderás adquiri-­lo em todos os tons e matizes, e, se te fixares no trabalho, encontrarás mil recursos diferentes de servir.
Em torno de teus passos, a paisagem que te abriga será sempre em tua apreciação aquilo que pensas dela, porque com a mesma medida que aplicares à Natureza, obra viva de Deus, a Natureza igualmente te medirá.
LIVRO – Pão Nosso
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER – EMMANUEL

É DIFÍCIL, É FÁCIL…

É difícil fazer alguém feliz, assim como é fácil fazer triste.
É difícil dizer eu te amo, assim como é fácil não dizer nada
É difícil valorizar um amor, assim como é fácil perdê-lo para sempre.
É difícil agradecer pelo dia de hoje, assim como é fácil viver mais um dia.
É difícil enxergar o que a vida traz de bom, assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua.
É difícil se convencer de que se é feliz, assim como é fácil achar que sempre falta algo.
É difícil fazer alguém sorrir, assim como é fácil fazer chorar.
É difícil colocar-se no lugar de alguém, assim como é fácil olhar para o próprio umbigo.
Se você errou, peça desculpas…
É difícil pedir perdão? Mas quem disse que é fácil ser perdoado?
Se alguém errou com você, perdoa-o…
É difícil perdoar? Mas quem disse que é fácil se arrepender?
Se você sente algo, diga…
É difícil se abrir? Mas quem disse que é fácil encontrar
alguém que queira escutar?
Se alguém reclama de você, ouça…
É difícil ouvir certas coisas? Mas quem disse que é fácil ouvir você?
Se alguém te ama, ame-o…
É difícil entregar-se? Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida…Mas, com certeza, nada é impossível
Precisamos acreditar, ter fé e lutar…
para que não apenas sonhemos, Mas também tornemos todos esses desejos,
realidade!
Cecília Meireles

A alegria dos outros

Certo jovem, muito inteligente, aproximou-se de Chico Xavier e indagou-lhe:
– Chico, eu quero que você pergunte a Emmanuel, pois eu necessito muito de uma orientação.
Eu sinto um vazio enorme dentro do meu coração.
O que me falta, meu amigo?
Eu tenho uma profissão que me garante altos rendimentos, uma casa muito confortável, uma família ajustada, o trabalho na Doutrina Espírita como médium, mas sinto que ainda me falta alguma coisa…
Nada consegue preencher o vazio que vai por dentro de minha própria alma.
O que me falta, Chico?
O médium, olhando-o profundamente, ouviu a voz de Emmanuel, que lhe respondeu:
– Fala a ele, Chico, que o que lhe falta é a alegria dos outros!
Ele vive sufocado com muitas coisas materiais;
É necessário repartir, distribuir com o próximo…
A alegria de repartir com os outros tem um poder superior, que proporciona a alegria de volta àquele que distribui.
É isso, meu filho, o que lhe falta – a alegria dos outros!
Livro: Chico Xavier, Mediunidade e Luz de Carlos A. Baccelli.

Segue o teu destino, rega as tuas plantas, ama as tuas rosas.
O resto é a sombra de árvores alheias.
Fernando Pessoa

O QUE É EGOÍSMO?

“O egoísmo, ninguém o desconhece, consiste no excessivo amor ao próprio bem, sem atender ao dos outros.”
Hoje ouvimos muito a palavra DIREITO. Muitos buscam seu direito mas poucos buscam seu dever ou obrigação. Vemos pessoas escolhendo seu time de futebol, sua religião, o lado político que mais lhe agrada, dentre outros, mas ele não admite que as outras pessoas escolham as delas.
Quando alguém torce para um time que ele não gosta, por exemplo, chegam a agredir de forma verbal ou fisicamente. Assim é com a religião e outros. Ela quer ter direito de fazer suas escolhas, mas não permite que seu próximo tenha o mesmo direito. Seu orgulho faz com que acredite que seu ponto de vista seja o ponto final ou o certo. E isto faz com que a pessoa seja sarcástica, desrespeitosa e mal educada. E, como o egoísmo é filho do orgulho, a pessoa não consegue enxergar seu erro.
Quando alguém descarta seu lixo num terreno baldio longe da sua casa, ela está se livrando do lixo e dos bichos peçonhentos que dele surgem mas está jogando o problema para quem mora perto do terreno. Ela pensa em seu bem estar, mas não atende ao bem estar do seu próximo. Isto é egoísmo.
Quando alguém ouve música alta em sua casa ou na rua ela está pensando em seu bem estar e esquecendo de atender o bem estar de outras pessoas que não querem ouvir sua música. Isto é egoísmo.
Quando alguém compra, por exemplo, um celular roubado, pensando no seu bem estar financeiro, ela está esquecendo o prejuízo que alguém levou quando foi roubado ou assaltado. Sem contar que por detrás daquele celular pode estar a vida interrompida de alguém. Mas o egoísta só pensa em seu bem estar, sem pensar no bem estar de quem foi lesado. Isto é egoísmo.
Quando não nos falta comida, agasalho, um teto para morar e outros e não ajudamos quem tem menos que nós. Isto é egoísmo.
Quando alguém vota num político porque ele fez algum favor a ele ou a alguém de sua família ele está pensando em seu bem estar, sem pensar no bem estar do povo. Porque político não é empregado dele ou da família dele, ele é empregado do povo. Ele deve fazer benefícios para todos e não em forma de interesse pessoal. Então, o político é egoísta, porque pensa apenas em se eleger para se beneficiar sem ter interesse em beneficiar o povo e, quem vota nele por interesse próprio, é egoísta porque pensa em seu bem estar sem pensar no bem estar do restante do povo.
Por isso os espíritos disseram que: “Entre os vícios o que podemos considerar o mais radical é o egoísmo. Dele se deriva todo o mal. Ele está ligado à inferioridade dos Espíritos encarnados na Terra e só se enfraquecerá com a predominância da vida moral sobre a vida material. E o orgulho anda de mãos dada com o egoísmo porque ele não deixa que enxerguemos que somos egoístas.”
Quando entendermos que só é nosso aquilo que levarmos após a desencarnação, mas prestaremos contas do uso que fizermos deles e que, ao vivenciarmos o ensinamento do Cristo que diz para “fazermos ao próximo o que queremos que ele nos faça”, estaremos nos livrando do egoísmo. Porque não acharemos que “as coisas” são nossas e pensaremos antes de falar ou agir pois, aquilo que não quisermos para nós ou para nossos entes queridos não faremos ao nosso próximo.
Pensemos nisso!
Texto de Rudymara

“Você pode cortar todas as flores, mas você não pode impedir a primavera de chegar.”
Pablo Neruda

 

Pétalas no Umbral

🍃🌸✫⁀⋱‿
Estava ajudando em um socorro espiritual a sofredores no umbral
.
O ar quente, seco, um vento forte criava um clima sinistro e pesado.
Alguns companheiros exaustos continuavam tentando ajudar naquela região inóspita do plano espiritual
O clima de gemidos, dor, ira e desespero atingia-nos exaurindo nosso magnetismo
Quando de repente…
.
UM AROMA DIVINO SURGIU DO NADA
.
PÉTALAS comecaram a cair sobre todos nós e principalmente sobre todos aqueles pobres sofredores
Milhares de pétalas se “materializando” VINDO DO CÉU COBRINDO o chão umbralino em mil cores
.
– De onde está vindo isso ? Alguém indagou
.
– São as “preces dos encarnados”. Mães, amigos, filhos, esposas avós… orando nesse momento pelos seus entes falecidos..
.
As pétalas continuaram caindo sobre nós e por causa delas, naquele dia, conseguimos ajudar centenas de sofredores
.
Orem pelos Desencarnados
TALVEZ….
ELES ESTEJAM ESPERANDO UMA ÚNICA PÉTALA PARA SEREM SALVOS.
João Márcio
Escritor e palestrante espírita.
Gratidão!

Tenha um bom dia iluminado do amor de Deus em bênçãos de amor, harmonia e alegrias…

Um beijo no seu coração.

Comentários