DESCULPE E VOCÊ COMPREENDERÁ – André Luiz

DESCULPE E VOCÊ COMPREENDERÁ

Desculpe e você compreenderá 

Desculpe e você compreenderá
Onde existe amor não existe lugar
para ressentimento.

Ao colocar-se na condição de quem erra, seja qual seja o problema, você notará que a compaixão nos dissolve qualquer sombra de crítica.

A existência humana é uma coleção de testes em que a Divina Sabedoria nos observa, com vistas à nossa habilitação para a Vida Superior; quem hoje condena o próximo não sabe que talvez amanhã, estará enfrentando os mesmos problemas daqueles companheiros presentemente em dificuldade.

Nos esquemas da Eterna Justiça, o perdão é a luz que extingue as trevas.

Às vezes, aquilo que parece ofensa é o socorro oculto do Mundo Espiritual em seu benefício A misericórdia vai além do perdão, criando o esquecimento do mal Em muitas ocasiões, a Divina Providência nos permite o erro para que aprendamos a perdoar A indulgência é a fonte que lava os venenos da culpa Perdão é a fórmula da paz.

Aprendamos a tolerar para que sejamos tolerados.

André Luiz

PALAVRA E OPORTUNIDADE

Perdoar

 

Sim, deves perdoar! Perdoar e esquecer a ofensa que te colheu de surpresa, quase dilacerando a tua paz. Afinal, o teu opositor não desejou ferir-te realmente, e, se o fez com essa intenção, perdoa ainda, perdoa-o com maior dose de compaixão e amor.
Ele deve estar enfermo, credor, portanto, da misericórdia do perdão.
Ante a tua aflição, talvez ele sorria. A insanidade se apresenta em face múltipla e uma delas é a impiedade, outra o sarcasmo, podendo revestir-se de aspectos muito diversos.
Se ele agiu, cruciado pela ira, assacando as armas da calúnia e da agressão, foi vitimado por cilada infeliz da qual poderá sair desequilibrado ou comprometido organicamente. Possivelmente, não irá perceber esse problema, senão mais tarde.
Quando te ofendeu deliberadamente, conduzindo o teu nome e o teu caráter ao descrédito, em verdade se desacreditou ele mesmo.
Continuas o que és e não o que ele disse a teu respeito.
Conquanto justifique manter a animosidade contra tua pessoa, evitando a reaproximação, alimenta miasmas que lhe fazem mal e se abebera da alienação com indisfarçável presunção.
Perdoa, portanto, seja o que for e a quem for.
O perdão beneficia aquele que perdoa, por propiciar-lhe paz espiritual, equilíbrio emocional e lucidez mental.
*
Felizes são os que possuem a fortuna do perdão para a distender largamente, sem parcimônia.
O perdoado é alguém em débito; o que perdoou é espirito em lucro.
Se revidas o mal és igual ao ofensor; se perdoas, estás em melhor condição; mas se perdoas e amas aquele que te maltratou, avanças em marcha invejável pela rota do bem.
Todo agressor sofre em si mesmo. E um espírito envenenado, espargindo o tóxico que o vitima. Não desças a ele senão para o ajudar.
Há tanto tempo não experimentavas aflição ou problema  graças à fé clara e nobre que esflora em tua alma  que te desacostumaste ao convívio do sofrimento. Por isso, estás considerando em demasia o petardo com que te atingiram, valorizando a ferida que podes de imediato cicatrizar.
Pelo que se passa contigo, medita e compreenderás o que ocorre com ele, o teu ofensor.
O que te é Inusitado, nele é habitual.
Se não te permitires a ira ou a rebeldia – perdoarás!
*
A mão que, em afagando a tua, crava nela espinhos e urze que carrega, está ferida ou se ferirá simultaneamente. Não lhe retribuas a atitude, usando estiletes de violência para não aprofundares as lacerações.
O regato singelo, que tem o curso impedido por calhaus e os não pode afastar, contorna-os ou para, a fim de ultrapassá-los e seguir adiante.
A natureza violentada pela tormenta responde ao ultraje reverdescendo tudo e logo multiplicando flores e grãos.
E o pântano infeliz, na sua desolação, quando se adorna de luar, parece receber o perdão da pai-sagem e a benéfica esperança da oportunidade de ser drenado brevemente, transformando-se em jardim.
Que é o “Consolador”, que hoje nos conforta e esclarece, conduzindo uma plêiade de Embaixadores dos Céus para a Terra, em missão de misericórdia e amor, senão o perdão de Deus aos nossos erros, por intercessão de Jesus?!
Perdoa, sim, e intercede ao Senhor por aquele que te ofende, olvidando todo o mal que ele supõe ter-te feito ou que supões que ele te fez, e, se o conseguires, ama-o, assim mesmo como ele é.
*
“Não vos digo que perdoeis até sete vezes, mas até setenta vezes sete vezes”. Mateus: 18-22.
“A misericórdia é o complemento da brandura, porquanto aquele que não for misericordioso não poderá ser brando e pacifico. Ela consiste no esquecimento e no perdão das ofensas”. O Evangelho Segundo O Espiritismo, Cap. X – Item 4.
FRANCO, Divaldo Pereira. Florações Evangélicas.
Pelo Espírito Joanna de Ângelis. LEAL.

honesto

BOM ESPÍRITO

 

Todos nós temos um Bom Espírito, ligado a nós desde o nascimento, que nos tomou sob a sua proteção de cumprir junto a nós a missão como um pai ao seu filho, é um amigo oculto da almas afins, todos nós contamos com essa ajuda, mas muitos rebeldes não conseguem sentir o que é necessário, pois Eles nos falam ao coração, mas temos nosso livre arbítrio e as escolhas sempre serão nossas, escolha o lado da paz e do amor, mesmo que não creia nessa verdade.
Irmãos Espíritas

DESENCARNAÇÃO ANDRÉ LUIZ

intuições espirituais

VINGANÇA E PERDÃO

Antevidência Divina

 

Observe as lições silenciosas que o seu próprio corpo lhe administra, revelando a Antevidência Divina.
Não siga desacautelado.
Seus pés não se apóiam à terra à feição de simples esteios com vontade própria.
Respeite as faculdades genéticas.
Não é por acaso que os órgãos sexuais apenas funcionam sob a sanção do pensamento…
Coma moderadamente.
Seu estômago não é um só devido à falta de espaço no ventre…
Eduque as manifestações emotivas.
Não é à toa que o motor de seu coração vive durante a existência inteira vibrando oculto na caxia do peito…
Trabalhe sempre.
Suas mãos não se encontram desfrutando ampla liberdade de ação, na ponta dos braços, por meros enfeites…
Fale com parcimônia.
Sua língua não vive enclausurada no cárcere da boca por ser feia…
Escute atenciosamente.
Seus ouvidos não existem quais janelas incapazes de vedamento por descuido do Construtor Celeste…
Veja mais além.
Seus olhos não estão elevados sobre a face somente para olharem para baixo…
Discirna tudo.
Sua mente não trabalha como torre de comando de todo o corpo tão só para coroar-lhe a estética…
Atenda à consciência.
Se ela não surge visível em seu organismo é para não ter a voz selável…
Lembre-se, o seu corpo assinala a Excelsa Sabedoria e o Amor Ilimitado d´Aquele que é a Inteligência Suprema e a Causa Incriada de Tudo.

 

Pelo Espírito André Luiz
XAVIER, Francisco Cândido. Ideal Espírita. Espíritos Diversos. CEC.

EXPLODIR ANDRÉ LUIZ
aperfeiçoamento andré luiz

prova frase espírita

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/