CARIDADE É A FORMA PERFEITA DE FAZER O BEM

Caridade é uma Forma Perfeita de Fazer o Bem

A CARIDADE É A FORMA PERFEITA

 

A Visita do Bem

 

“A visita do bem é uma dádiva na vida.
E a caridade é uma forma perfeita de fazer o bem.
Só colhe quem planta, é como a planta que após a semeadura …nasce, cresce, floresce e produz frutos
em abundância para a vida eterna.
Fazer o bem proporciona inúmeras alegrias
duradouras para a nossa alma.”
Vera Jacubowski

vera9

além das estrelas

Amor e Caridade

Sem o amor, a caridade desapareceria da vida, tanto quanto sem caridade o amor feneceria no mundo.
O amor é meio.
A caridade é fim.
O amor é combustível.
A caridade é luz.
O amor é trigo.
A caridade é pão.
O amor é bênção.
A caridade é vida.
O amor ensina.
A caridade realiza.
O amor propõe.
A caridade produz.
Sem o amor de Deus, que tudo vitaliza, a caridade de Jesus para conosco não nos alcançaria.
Amor sempre.
Caridade sem cessar.
Diante da impiedade e da delinquência, pergunta ao amor o que deves fazer; ele te induzirá à ação da caridade.
Sob injunções ingratas e dores que acreditas não merecer, propõe ao amor como te deves conduzir; ouvirás a sua palavra incentivando-te à caridade da paciência.
Sofrendo incompreensão e dificuldade nas lutas rudes que te maceram interiormente, inquire ao amor qual a solução; sentirás o impulso da caridade iluminar-te os sentimentos.
Perseguido ou malquerido, sob açoites externos ou crucificado em traves invisíveis, ausculta o amor e produze na caridade.
O amor abrir-te-á sempre as portas da paz, enquanto a caridade levar-te-á pelas mãos ao termo da batalha redentora.
Nunca te situes longe do amor; jamais te apartes da caridade.
Na cruz ignominiosa o Senhor sem culpa nem mácula prosseguiu amando, e porque se recordasse de Judas, afligido pelos remorsos insanos, rogou a Deus perdão para ele e todos nós em luminosa lição de imorredoura caridade, permanecendo até hoje trabalhando pela nossa felicidade.
 

(Divaldo P. Franco / Joanna de Ângelis)

mãos estendidas

ESTAMOS AQUI DE PASSAGEM

Estamos neste mundo apenas de passagem.
Aqui existe apenas um caminho a ser atravessado, mas nosso real objetivo não está aqui.
A Terra é apenas isso… um local de passagem.
Um campo de experiências onde chegamos… e depois vamos embora.
É um pequeno trecho de uma estrada quase infinita que nos conduzirá a um destino.
Esse destino não poderia ser outro senão a eternidade…
Como diz a máxima de sabedoria:
“Nascemos sem trazer nada, morremos sem levar nada.
E no meio brigamos por algo que não trouxemos e não levaremos.”
Nenhuma bagagem mundana trazemos a este mundo… e tampouco nenhuma bagagem mundana levaremos daqui.
Não somos desse mundo… Apenas estamos nesse mundo e estamos apenas passando por aqui.
No entanto, muitos se esquecem de que o mundo é um lugar de passagem e querem se estabelecer aqui em definitivo.
uerem fazer do mundo a sua morada, fixar seus pilares na Terra.
Esses confundem os meios com os fins. Querem fazer desse mundo um fim, e não um meio de acesso a algo que vai além… que é mais elevado.
A maioria das pessoas deseja construir imensos e suntuosos castelos aqui neste mundo.
Deseja acampar aqui e permanecer eternamente.
Mas como tudo nesse mundo passa, como nada é permanente…
em breve somos obrigados a ir embora.
Precisamos vir a este local… estar aqui… manter-nos um curto espaço de tempo… e logo depois nos despedir de tudo.
Chegamos aqui para logo depois sair…
Querer ficar nesse mundo é o mesmo que construir um edifício de quarenta andares em cima de areia movediça.
Em breve a areia começa a ceder e o edifício de nossos desejos e posses começa a ser tragado pela terra.
lguns acabaram de chegar e já choram e se desesperam com a previsão de irem embora.
Estes esquecem que há ainda um longo caminho a ser percorrido…
Parar aqui é o mesmo que perecer, se estagnar… morrer.
As estradas do infinito caminho que leva a eternidade devem ser atravessadas sem medo e sem apego.
Quem procura alicerçar no mundo sua morada definitiva está se enganando seriamente e os frutos colhidos serão de dor, sofrimento e amargura.
A vida humana é como uma ponte que nos leva de um ponto a outro do caminho.
Querer cimentar aqui uma habitação perdurável é o mesmo que construir um imenso castelo numa ponte.
Por acaso faz sentido construir um castelo numa ponte?
Não… pois a ponte é apenas um local de passagem.
O mesmo ocorre com a vida no mundo.
Trata-se apenas de um passadouro, uma trajeto, uma estrada… e não do nosso verdadeiro objetivo
Hugo Lapa

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/