A ELEVAÇÃO ESPIRITUAL

A ELEVAÇÃO ESPIRITUAL

A elevação espiritual

 

A elevação espiritual não está na cultura intelectual
nem nos credos, raças, riquezas ou profissão,
mas nos valores morais e do coração.
Conquistados nos campos de atitudes
de serviços prestados aos semelhantes.
Verdade & Luz

felicidade almejada

Crise Moral Planetária

 

Mediunidade é campo de serviço objetivando transmitir informações de cunho espiritual à Humanidade, aptidão da alma para servir com amorosidade soerguendo irmãos prostrados pelo desânimo, ferramenta para produzir na Seara de Luz esclarecendo a realidade espiritual, instrumento de recursos luminosos para orientar com segurança na rota da ascensão espiritual.
Seareiros do Amor, trabalhadores incansáveis do Evangelho, em todas as épocas da humanidade estiveram entre nós e, na atualidade, alguns mártires do passado e heróis do Cristianismo revivem as experiências iluminativas, exemplificam a amorosidade, testemunham a fé ardente, laboram anonimamente para a construção de um mundo melhor.
Outros continuam no Plano Espiritual adjacente à Crosta terrestre compondo as equipes de trabalho, sob a direção de Mestres da Espiritualidade, amenizando, com suas interferências bondosas e educativas, o sofrimento dos reencarnados, diluindo as investidas das “Sombras Organizadas” para que a população terrena tenha melhores condições de compreender a Realidade Espiritual.
O Brasil, Pátria continental, vive uma “crise institucional” de enorme proporção, porque é o resultado das atitudes de irmãos ainda aprisionados na satisfação de ideias materialistas, tais como, enriquecimento ilícito, vantagens no exercício do poder, ambição que alimenta a vaidade, ganância que sustenta a corrupção generalizada que apodreceu o sistema governamental, ressalvadas as poucas exceções dos que se esforçam pelo progresso social da população.
Na atualidade, identificamos uma “crise moral geral” que alastra-se por todos os países dos cinco continentes, sedimentada na mentalidade materialista que alimenta com firmeza a intenção dos reencarnados de gozarem a vida, porquanto na ausência do entendimento da “Vida Futura” não percebem o entrelaçamento que existe através dos mecanismos reencanatórios.
A “tese materialista” contribui a favor do imediatismo e do utilitarismo, participa e incentiva o desconcerto moral do ser humano, estimula o egoísmo e a indiferença em torno da realidade do ser imortal, favorece uma visão pessimista da realidade existencial, estimula uma percepção distorcida dos conteúdos da jornada terrena, enquanto a “tese espírita” possibilita à Humanidade acesso a conhecimentos que a capacitam para a valorização da vida, desenvolvimento das virtudes, conquista da felicidade, aquisição da paz espiritual, entendimento dos mecanismos evolutivos, incessantemente orientando a Humanidade com diretrizes seguras, na esteira do tempo, rumo ao glorioso destino estabelecido pelo Pai Celestial, que é a perfeição relativa.
Analisando os comportamentos humanos, na atualidade do século XXI, percebemos – nitidamente – que a sociedade terrena está doente, pelos indicativos que apontam para o desrespeito às leis, desordem e insegurança pública, atitudes de hediondez e odiosidade para com os semelhantes, comportamentos de perversidade e agressividade, elevados índices de arrogância e cinismo, hipocrisia e falsidade ideológica, corrupção e desvio de dinheiro público, depressão e sofrimento, angústias e aflições, enfim, concluímos que a Humanidade perdeu o rumo e a confiança na construção da felicidade e na edificação de um futuro pacífico, permitindo-se o teleguiamento por soezes hipnotizadores desencarnados, prepotentes embusteiros que se passam por líderes comunitários na economia e política, religião e arte, enveredando por trilhas sinuosas.
A solução contemporânea para estas crises comportamentais, que desnorteiam a população, encontra-se no equilíbrio moral, individual e coletivo, para alcançarmos um coletivismo saudável, através da vivência do Amor e da caridade, libertando a criatura humana da ignorância milenar, modificando-se a admiração por esses representantes irresponsáveis que se utilizam de modelos políticos desvairados, estabelecidos por indivíduos atormentados, perturbados e desleais, conspiradores e mesquinhos, fanáticos e presunçosos, escravos da ganância e do exercício do poder, subservientes e interesseiros, que produzem como resultado uma economia com inflação crescente e recessão de longa duração.
Dedicassem os humanos reflexões sobre os acontecimentos que marcam a caminhada terrena, meditassem sobre as lições preciosas com que a vida os convida a decifrar os enigmas existenciais e concluíriam, com absoluto bom-senso, que o Orbe Terra encontra-se na fase “Transição Planetária”.
Enquanto o ser humano não entender a perenidade da eternidade e não assimilar as verdades evangélicas, o “materialismo” continuará a funcionar como uma venda escura, a dificultar a compreensão e aceitação da “Vida além da Vida” e, como consequência, a sociedade continuará enfrentando dificuldades comportamentais para efetuar as mudanças morais que se apresentam no atual cenário evolutivo, retardando o cronograma de edificação de um mundo mais equilibrado e harmonizado.
Concentrando nossa atenção na Nação Brasileira, que nos é cara ao coração, percebemos que a generalizada “crise moral”, desencadeada pela vivência do materialismo, contribui para a “crise social” que se instalou institucionalmente em nosso regime democrático, como mecanismo de dilapidação do patrimônio público, através da “corrupção endêmica”, atendendo ao egoísmo e ambição das personalidades que buscam os postos governamentais, através das eleições, para situarem-se em posições estratégicas de comando que permitam continuar exercendo no campo político atividades que atendam aos objetivos pessoais de enriquecimento ilícito e as intenções partidárias de perpetuação no jogo ilusório do poder governamental, condutas que desencadeiam consequências desastrosas no campo da economia, como “inflação” e “recessão”.
Face às inferioridade morais de que são detentores, atraem comparsas espirituais que se ajustam perispiticamente e exarcebam as afinidades vibratórias com as mesmas intenções de saquearem a Nação brasileira, incentivando o ilusionismo das projeções pessoais, o que propicia o campo de sintonia adequado para as ocorrências obsessivas, desde a obsessão simples até as fascinações de longo curso ou as subjugações demoradas através do controle da vontade dos que se encontram sob o domínio dos “poderosos de além-túmulo”, que os manipulam de acordo com os interesses das “Organizações da Sombra”, conduzindo a Pátria amada à beira de um colapso político-econômico, devido ao desconrole das contas públicas e o crescente endividamento junto aos bancos internacionais.
Esses envolvimentos fascinativos, desenvolvidos pelos especialistas das “Trevas Organizadas”, efetuados através da manipulação das títeres encarnadas, têm o objetivo de estimular conflitos ideológicos, incentivarem as disputas pelo exercício do poder governamental, de tal forma que surjam tensões inadministráveis, levando a Nação tropical a um estado de insurreição em que as “Forças Armadas” sejam acionadas para assegurar a “Ordem e o Progresso”, com derramamento de sangue.
A Espiritualidade Superior utiliza-se dos elevados mecanismos morais da vida para diluir essas atitudes intempestivas da Sombra, mantendo a harmonia e o equilíbrio entre as “Forças do Bem” e as “Forças do Mal”, esclarecendo os instigadores da violência, os planificadores das quedas morais, os executores das ordens sombrias, de maneira que sejam assimiladas as lições de sabedoria que conduzam à superação desta “crise moral”, que possibilitará a conscientização da necessidade de reversão dessa mentalidade enfermiça de saqueamento do Brasil, ampliando os esforços educativos que identifiquem os processos lesivos do patrimônio público, com a consequente identificação dos responsáveis por esses atos, que geram a inflação e a recessão, geradoras da “crise econômica”.
Amilcar
(Página recebida, psicograficamente, por Renato Mautoni, na noite de 09 de dezembro de 2016,
no Instituto Espírita Léon Denis, em Juiz de Fora, Minas Gerais.)

O LIVRE PENSAMENTO

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/