GENTE UMA PERGUNTA POR QUE VOCÊ SE TORNOU ESPÍRITA

GENTE UMA PERGUNTA POR QUE VOCÊ SE TORNOU ESPÍRITA ?

GENTE UMA PERGUNTA POR QUE VOCÊ SE TORNOU ESPÍRITA

GENTE UMA PERGUNTA POR QUE VOCÊ SE TORNOU ESPÍRITA

S E R   E S P Í R I T A 

 

A melhor religião é aquela que torna o homem um ser melhor, não somente em fé, mas em atos, atitudes e ações, mas principalmente em exemplificar aquilo que fala através das suas obras.
Estou feliz em SER ESPÍRITA.
Encontrei melhor entendimento das leis divinas, conforto, consolo, amparo, esclarecimentos, instrução, tudo que preciso para entender a razão da existência, e a continuidade dela na espiritualidade.
Além da trazer uma paz indescritível a alma.

 

Vera Jacubowski

alegria santo agostinho

Questão de consciência

 

A consciência da culpa torna-se azorrague de lamentável aflição para quem delinque, constituindo presença indesejável na vida irregular.
Todos os homens com mediana capacidade de discernimento sabem como se devem conduzir e quais os mecanismos corretos de que se podem utilizar, a fim de lobrigarem êxito nos tentames de uma existência sadia.
O erro, que é fator para a aprendizagem, ensinando a melhor metodologia para a fixação do acerto, na área do comportamento moral assume papel preponderante, gerando consequências de breve ou longo curso, conforme a ação negativa desencadeada.
*
Na Terra, face aos compromissos ético-sociais que impõem a aparência, não raro em detrimento da realidade, aquela exige que os indivíduos se permitam duas condutas: a que se aceita e aquela que se vive na intimidade do ser.
Tal atitude desencadeia distúrbios emocionais que se transformam em processos de alienação mental e comportamental infelizes.
Não suportando a carga da dicotomia emocional que se impõe, o indivíduo foge pelos episódios neuróticos; jugulando-se a patologias que o tempo agrava, caso não se permita a necessária terapia e a mudança de ação moral.
*
Fora do corpo, a questão da consciência da culpa assume proporções mais graves, tomando aspectos mais infelizes.
A impossibilidade que experimenta o culpado de dissimular o delito e a presença da sua vítima inocente, que o não acusa em momento nenhum, quando é nobre e elevada, tornam-se-lhe um tormento inominável.
Se, todavia, estagia no mesmo padrão de conduta e é incapaz de compreender e perdoar, ei-la transformada em cobrador implacável, iniciando-se o processo de obsessão cruel, que se alongará na carne futura, que o calceta busca a fim de esquecer e reabilitar-se.
Age corretamente sempre.
Não te anestesies com os vapores do erro moral ou de qualquer outra procedência.
Sofre hoje a falta, de modo a não padeceres longamente, mais tarde, o que usaste de forma indevida.
O júbilo de poucos momentos, não vale o remorso de muito tempo.
Felicidade sem renúncia é capricho dourado que se converte em pesadelo.
Tudo passa!
Eis que o tempo, na sucessão das horas, conceder-te-á em paz o que agora te falta, durante o conflito.
Tem paciência e persevera no bem, na retidão.
*
As leis de Deus encontram-se registradas na consciência humana, para que saibamos como agir, para que agir e por que agir sempre da maneira melhor para todos.
Assim, não te comprometas com o mal, o crime, o vício, liberando-te da culpa por antecipação.
Tal atitude será, na tua felicidade, uma questão de consciência.
FRANCO, Divaldo Pereira. Momentos de Meditação. Pelo Espírito Joanna de Ângelis. LEAL. Capítulo 13.

paz e consciência vera jacubowski
espírita

AMOR E TEMOR

 

“O perfeito amor lança fora o temor”.
(I JOÃO, 4:18.)

 

Para que nossa alma se expanda sem receio, através das realizações que o Senhor nos confia, não basta o imperfeito Amor que estipula salários de gratidão ou que se isola na estufa do carinho particular, reclamando entendimento alheio.
É necessário rendamos culto ao perfeito amor que tudo ilumina e a todos se estende sem distinção.
O imperfeito Amor, procurando o gozo próprio no concurso dos outros, é quase sempre o egoísmo em disfarce brilhante, buscando a si mesmo nas almas afins para atormentá-las sob múltiplas formas de temor, quais sejam a exigência e o ciúme, a crueldade e o desespero, acabando ele próprio no inferno da amargura e da frustração.
O perfeito Amor, contudo, compreende que o Pai Celeste traçou caminhos infinitos para a evolução e aprimoramento das almas, que a felicidade não é a mesma para todos e que amar significa entender e ajudar, abençoar e sustentar sempre os corações queridos, no degrau de luta que lhes é próprio.
Para que te libertes, assim, das algemas do medo, não basta te acolhas no anseio de ser ardentemente querido e auxiliado pelos outros, segundo as disposições do Amor incompleto.
É indispensável saibas amar, com abnegação e ternura, entre a esperança incansável e o serviço incessante pela vitória do bem, sob a tutela dos quais viverás sempre amando, segundo o Amor equilibrado e perfeito pela força Divina que nos ergue triunfante, dos abismos da sombra para os cimos da luz.

 

Luz Bendita (psicografia Chico Xavier – espirito Emmanuel) 

moral elevada vera jacubowski

O QUE É NECESSÁRIO PARA ALCANÇAR

AS ESFERAS SUPERIORES ?

 

A vida na sua essência nos ensina a aprimorar os valores morais, intelectuais e espirituais, igualmente somos e seremos atingidos pela consequência da Lei Divina Natural e sua justiça, só atingiremos a máxima evolução do nosso espírito quando amarmos incondicionalmente a todos seres habitantes do universo em que estamos mergulhados, pela virtude de que, a escala redentora cumpre o seu papel de alavancar a alma pela Lei da ascensão espiritual.

 

Batuíra – Vera Jacubowski

esferas vera jacubowski

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/