LIBERDADE

LIBERDADE NÃO É FAZER O QUE SE QUER MAS QUERER O QUE SE FAZ

LIBERDADE

L I B E R D A D E 

Liberdade não é fazer o que se quer,

mas querer o que se faz.


Sarte

ESPERANÇA

Transformação

 

Todos estamos informados quanto às transformações em desenvolvimento na Terra.
E são muitas, quais sejam:
o progresso industrial intensivo;
as conquistas no reino atômico;
as lutas de competição por mais eficiência no domínio das armas;
a legalização do aborto, em muitos países;
as pesquisas nas áreas genéticas;
a delinqüência juvenil superando a criminalidade nos adultos;
os excessos de liberdade sem disciplina e os chamados direitos sem obrigações que lhe correspondam;
e a expansão da violência…
Todas essas transformações se processam, através do livre arbítrio do homem que se orgulha da civilização que está inventando com o integral apoio da ciência materialista; entretanto, convém lembrar que Deus está em ação e de tudo o que a inteligência humana semear, no mundo que pertence a Deus, isso também ela ceifará.
XAVIER, Francisco Cândido. Confia e Segue. Pelo Espírito Emmanuel. GEEM.

POSSIBILIDADES

Liberdade de Escolha

 

– O pensamento divino concedeu-me liberdade de poder realizar todo bem que deseje.
– Ser feliz ou desventurado é-me opção voluntária.
– Sou escravo da lei, que me enseja progredir sem interrupção no tempo.
– O que eu sou ou o que serei, depende de mim.
– A inspiração superior nunca me falta, porém, sintonizar com ela será aspiração pessoal.
– Construindo as estruturas existenciais na mente, torná-las-ei realidade no percurso carnal.
*
És livre para imprimir na tua existência o padrão de felicidade ou de aflição com o qual desejes conviver.
A liberdade é lei da vida, que faz parte do concerto da harmonia universal.
Os imperativos inamovíveis e deterministas são vida e morte, no que diz respeito aos equipamentos orgânicos, mesmo assim, sob o fatalismo de incessantes transformações.
Submetido à ordem da ação, que desencadeia reações correspondentes, és o que de ti próprio faças, movimentando-te no rumo que eleges.
Há pessoas que preferem a queixa e a lamentação, armazenando o pessimismo em que se realizam. Negociam o carinho que pretendem receber com as altas quotas de padecimentos que criam psiquicamente.
Ao lado de outras, que chantageiam os afetos, mediante a adoção de sofrimentos irreais, estabelecem como metas a conquista de atenções e carícias que lhes são sempre insuficientes, não se dando conta que, dessa forma, farão secar a fonte generosa que as oferece.
Ninguém se sente bem ao lado de criaturas que elegem o infortúnio como falsa solução para os seus conflitos existenciais.
Essa coação emocional termina por produzir amizades falsas, situações constrangedoras, mais insegurança.
Podes e deves ser feliz. Esta é a tua liberdade de escolha.
Se te encontras atrelado ao carro das aflições, porfia construindo o bem e te libertarás.
A dificuldade de agora é o efeito da insensatez do passado.
A vida renova-se a cada momento.
Situações funestas alteram-se para melhor, à semelhança de paisagens ensombradas que rapidamente vestem-se de Sol.
Não dês trégua à desdita, à ociosidade, aos queixumes.
És senhor do teu destino, e ele tem para ti, como ponto de encontro, o infinito.
Quem se desvaloriza e se desmerece e se invalida, fica na retaguarda.
É necessário que te envolvas com o programa divino. Todo aquele que se não envolve positivamente, nunca se desenvolve.
Se preferires sofrer, terás liberdade para a experiência até o momento em que te transfiras para a opção do bem-estar.
Desse modo, não transformes incidentes de pequena monta, coisas e ocorrências corriqueiras, em tragédias.
Ninguém tem o destino do sofrimento. Ele é resultado da ação negativa, jamais a causa. Faze uma avaliação honesta da tua existência, sem consciência de culpa, sem pieguismo desculpista, sem coerção de qualquer natureza, e logo depois desperta para o que deves produzir de bom, de útil, de construtivo empenhando-te na realização da tua liberdade de ser feliz.
FRANCO, Divaldo Pereira. Momentos de Saúde.
Pelo Espírito Joanna de Ângelis. LEAL.

INFALÍVEL

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/