Liberta-te da Sombra e Inunda-te da Luz do Sol

LUZ DA ALEGRIA

Luz do Sol e da Alegria

 

Quando sintas o desânimo no teu currículos de ações, com pensamentos conflituosos, ou quando experimentas indiferença afetiva, o mau-humor, o desencanto pela vida, ou as aflições de variadas ordem.
Liberta-te da sombra e inunda-te da luz do sol da alegria, rumando na direção da saúde que aguarda.
Nasceste para conquistar o infinito e isso depende de Ti.


Vera Jacubowski

paciência

Jesus nos Ama

 

Em meio as aflições lembre-se que Jesus nos Ama, então dirija o pensamento a Jesus rogando por socorro, mas lembre-se de seus ensinamentos e observe como podem ser aplicados em meio ao tormento que te aflige. Observe se o que move seu sofrimento são vestígios de orgulho então busque em Jesus a humildade. Observe se o egoísmo te corrói a alma em meio a lamentações então busque em Jesus o incentivo a caridade observando como podes servir e ser útil aos irmãos que te rodeiam. Deus é pai e Jesus é nosso irmão mais velho e os dois são perfeitos no meio de nos conduzir ao bem, diferentes dos país da Terra não atendem aos nossos caprichos, pois sabem que precisamos da lição, que pode nos tornar melhores, então em meio ao sofrimento, invés de rogar a Jesus que te torne a vida mais fácil, rogue para que Jesus te envie luz e esclarecimento, para que possas entender o que te levou ao sofrimento, pois assim te fortaleces para outras etapas de tua vida.

 

Sandro Simões

ilumina de amor emmanuel

Por que ser bom?

 

Você já deve ter ouvido, alguma vez, esse sábio conselho: “é preciso ser bom, fazer o bem e não praticar o mal”.
Você também deve ter se perguntado: “Mas, afinal, por que ser bom? Que vantagem isso me traz?”
A educação tradicional ensinava, e algumas correntes ainda ensinam, que é preciso ser bom para obter algum tipo de recompensa, e não praticar o mal para evitar um castigo correspondente.
Essa pedagogia pode funcionar para aqueles que não buscam uma explicação racional para fundamentar suas ações.
Todavia, quem precisa entender por que agir desta ou daquela forma, não aceita argumentos destituídos de critérios lógicos.
O evangelho de Jesus foi intensamente utilizado para espalhar o terror do inferno, aos maus, e prometer um céu como recompensa, para os bons.
No entanto, o ser imortal, no ir e vir das sucessivas reencarnações, foi se dando conta de que não há céu nem inferno do outro lado da vida e, menos ainda, no plano físico.
Viajante da eternidade e herdeiro de si mesmo, o espírito foi percebendo, ao longo do tempo, que inferno e céu são estados d’alma, e não lugares de punição e recompensa.
E essa constatação, de certo modo, o tem levado à descrença e ao desprezo pelas questões relativas à alma.
A falta de uma explicação razoável do por que praticar o bem e evitar o mal, tem levado muitas pessoas a buscar os interesses imediatos do mundo, lançando mão de expedientes indignos ou até cruéis.
A busca da felicidade, que é uma aspiração natural do ser humano, gira em torno da satisfação dos prazeres passageiros.
Ser bom, por conseguinte, passa a ser um dever para aqueles que, na dúvida, preferem garantir algum tipo de recompensa futura.
Entretanto, é preciso lançar o olhar sobre as leis que regem a vida e buscar compreender a essência dos ensinamentos trazidos pelo mestre de Nazaré, para fundamentar a prática do bem.
Os ensinos de Jesus visam desenvolver no homem a convicção inabalável na sua perfectibilidade. Isso se pode constatar no imperativo: “sede perfeitos, como perfeito é o vosso pai celestial.”
Ora, para desenvolver essa perfeição é preciso entender de que forma, como e porquê.
E isso pressupõe um consentimento interno, racional, e não uma imposição externa, muitas vezes fruto de uma necessidade ou de uma vontade alheia.
Nossas ações devem ser norteadas pelo crivo da razão. Razão baseada numa fé que nos faz livres para querer, de livre e espontânea vontade e nunca por pressões ou interesses externos, sejam quais forem.
Quando a prática do bem se tornar tão espontânea em nós como o ato de respirar, então teremos compreendido o papel que nos cabe, como filhos da luz.
Pense nisso!
O filósofo brasileiro Huberto Rohden, em seu livro sabedoria das parábolas, diz: “O Evangelho do Cristo é a glória da suprema sabedoria cósmica; Quer um ser-bom por espontânea liberdade, e não um ser-bom por compulsória necessidade.
O homem deve ser intrinsecamente bom por um querer próprio, e não apenas extrinsecamente bom por um querer alheio.
O seu ser-bom deve ser o fruto de um voluntário querer, e não de um compulsório dever.
O homem pode ter todas as possibilidades para ser mau – e, apesar disto, ser bom, livre, convictamente bom.”

 

Pense nisso!

 

Equipe de Redação do Momento Espírita, com base nos livros Sabedoria das parábolas, cap. O joio no meio do trigo, e Educação do homem integral, cap. Por que deve o homem ser bom?, ambos de Huberto Rohden.

paciência chico xavier
sol nas pessoas

O AMOR

 

“O AMOR é uma sementinha Divina, plantada por DEUS dentro do coração da gente.”
Vera Jacubowski

SEMENTINHA VERA JACUBOWSKI

Honestidade

 

“Não existe troféu mais lindo na face da Terra e no mundo espiritual, do que a alma que tem o brilho da honestidade.”

 

Vera Jacubowski

ALMA DA HONESTIDADE VERA JACUBOWSKI

PATRIMÔNIO DO ESPÍRITO

 

“Desta Vida não levamos nada do que é do corpo material…
somente levamos o patrimônio do espírito.”
Vera Jacubowski

Boa noite e bons sonhos!

 

“Que a noite te guarde em véus de reflexos azulados da lua, e que o dia chegue trazendo dourado de um novo amanhã radioso.”

 

Muita paz!

PATRIMÔNIO DO ESPÍRITO VERA JACUBOWSKI

MORAL ELEVADA

 

“A moral elevada é e sempre será o melhor antídoto, para todas as doenças do corpo e da alma.”

 

Vera Jacubowski

MORAL ELEVADA VERA JACUBOWSKI

FILHOS DE DEUS

 

“Todos os filhos de Deus são merecedores da felicidade prometida, a distância entre ela é o esforço de cada um
em querê-la de fato dentro de si.”

 

Vera Jacubowski

MERECEDORES DA FELICIDADE VERA JACUBOWSKI

FARDO

 

“Se Deus nos dá exatamente o fardo que podemos carregar, não possuímos nada mais do tamanho e do peso do que é nosso.”
– “Vigiai e Orai”.

 

Vera Jacubowski

VIGIAI E ORAI

VIDA SIMPLES

 

“Gosto mesmo é das coisas da vida simples, porque são elas que fazem a minha felicidade aflorar.”

 

Vera Jacubowski

FELICIDADE AFLORAR VERA JACUBOWSKI

Oração da Cura Divina

 

Senhor Deus Nosso Pai!
Derrama sobre nós a tua Luz, o teu imenso Amor!
Que a tua energia Universal possa nos aquecer os corações, nos libertando das amaras que nos prendem as coisas sem importância.
Liberta-nos Pai, dos perigos, das correntes que nos algemam as imperfeições ainda tão latentes em nós.
Aquelas Senhor que teimam em nos perseguir em pensamentos, atitudes e ações infelizes, aquelas que insistem em nos bloquear o nosso real crescimento evolutivo rumo a ti Senhor!
Cura Senhor, com teu Amor, com teu Perdão, dá-nos o entendimento das tuas Leis Divina em nós, crescendo e frutificando o teu pomar de sementes, flores e frutos eternos…
Te suplicamos Senhor, a Paz, restaura e renova nosso corpo físico, perispiritual e espiritual das feridas que não produzem nosso bem-estar, dá-nos a esperança e a alegria de viver…Conforta-nos e alivia nossas dores e aflições.
Tu que conheces nossos sentimentos mais secretos e sabes de nossas necessidades mais latentes.
Rogamos-Te Pai, que tuas mãos generosas sejam estendidas em auxílio de todos nós em aflições e dificuldades.
E assim como disse Nosso Mestre Jesus, teu filho Amado:
“Bem-Aventurados os Aflitos porque serão consolados.”
Oh Pai,
Concede-nos o alívio de nossas mazelas, para que possamos caminhar com mais segurança e paz nos corações sob Sua direção e Amor.
Que Assim Seja.
Vera Jacubowski

LUZ

VERA JACUBOWSKI

“A chave do segredo para encontrar a realização dos nossos sonhos é nunca perder a esperança, e saber que: teremos a eternidade para realizá-los.”

 

Vera Jacubowski

SONHOS VERA JACUBOWSKI

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/