Não há Ponto Final para o Amor O amor é Vida – André Luiz

Não há Ponto Final para o Amor O amor é Vida

Não há Ponto Final para o Amor O amor é Vida

 

O AMOR

Não há ponto final para o amor.
O amor é vida e vida é eternidade.

André Luiz

CONVÉM

A Escola Terra

A Terra é abençoada escola para o espírito em evolução.
Cada existência no corpo é um estágio imprescindível ao seu aprendizado.
As dificuldades são lições valiosas.
As provações são testes necessários.
A dor é a educadora por excelência.
Os obstáculos são convites à superação.
O aproveitamento curricular depende do esforço individual.
Não há privilégios e favorecimentos ilícitos.
Toda promoção se baseia nos méritos pessoais.
O próximo é a cartilha viva.
Jesus é o Mestre.

Irmão José – Carlos Baccelli

BOA AÇÃO CHICO XAVIER

Em Seu Auxílio

 

Conserve a própria fé, por tal modo, que você não possa se afligir, excessivamente, em nenhuma dificuldade.
Guarde otimismo, com tamanha elevação que os contratempos da vida não lhe venham a ferir.
Habitue-se à tolerância com tanta fidelidade, que consiga se ver sempre na posição da pessoa menos simpática, evitando ressentimento ou a censura.
Cultive o amor ao próximo, com tanto empenho que você não consiga fixar-se em qualquer aversão.
Creia na influência e na vitória do bem, com tanta convicção, que não possa prender-se a qualquer idéia do mal.
Sustente a própria compreensão, de tal maneira que não disponha de meios para ver inimigos e sim amigos e instrutores, em toda parte.
Resguarde-se no trabalho, com tanta dedicação ao bem, que não conte com qualquer ensejo de atrapalhar aos outros.
Faça o melhor que puder, em qualquer situação, com tamanho devotamento à felicidade alheia que não sofra arrependimento ou remorso, em tempos de crise.
Atenda à harmonia, aonde estiver, com tanta pontualidade que não encontre motivos para perder a própria segurança.
Consagre-se a descobrir o “lado bom” das criaturas e das situações, com tanta pertinácia, que não ache oportunidade de criticar a ninguém…
se fizermos isso, estejamos certos de que assim venceremos.

 

XAVIER, Francisco Cândido. Respostas da Vida. Pelo Espírito André Luiz. IDEAL. Capítulo 34.

DESAJUSTADO ANDRÉ LUIZ

ESQUECE OFENSA EMMANUEL

Respostas da Construção

 

Não permita que a ansiedade lhe desgaste as forças, ante os problemas da vida.

Numa simples construção, a serenidade e a disciplina nos fornecem diretrizes de atitude e proveito.
A pedra submeteu-se ao martelo e fez-se alicerce.
A madeira agüentou o serrote e converteu-se em utilidade do piso ao teto.
O barro suportou o fogo e ergueu-se em alvenaria.
O minério passou pelo calor de tensão alta e produziu o aço que estrutura a segurança.
O fio deixou-se prender e transformou-se em condutor de energia.
Agentes diversos da natureza se conjugaram e compõem a lâmpada para o serviço da luz.
Tudo na construção atende a planos de orientação e trabalho, obediência e equilíbrio.
Observemos a lição e analisemos o que estamos fazendo de nós na edificação do Eterno Bem.

 

XAVIER, Francisco Cândido. Respostas da Vida. Pelo Espírito André Luiz. IDEAL. Capítulo 32.

VIRTUDE DO PERDÃO CHICO XAVIER

O Estranho Cansaço

 

Quando você estiver pensando:
nas hostilidades do mundo…
nas aflições capazes de surgir…
nos erros das pessoas queridas…
na desorientação de algum parente…
nos críticos que lhe observam a estrada…
na angústia que lhe ensombra o coração…
no desprezo de que se crê vítima…
nas ingratidões que supõe haver sofrido…
na deserção de algum ente amado…
nos seus próprios desejos desatendidos…
não se admita em doença grave, nem julgue que você esteja querendo socorrer o mundo ou melhorá-lo.
Com semelhantes problemas você apenas demonstra que se cansou de estar unicamente em si mesmo, na concha do “eu”, que se isola.
Quando isso estiver acontecendo consigo, você tão somente sofre de cansaço emocional e, para curar-se, basta uma indicação:
Busque esquecer-se, fuja de si mesmo, reflita nos problemas dos companheiros em dificuldades maiores dos que as nossas e procuremos trabalhar.

 

XAVIER, Francisco Cândido. Respostas da Vida. Pelo Espírito André Luiz. IDEAL. Capítulo 31.

TEMPO E SERENIDADE ANDRÉ LUIZ

O Estranho Cansaço

 

Quando você estiver pensando:
nas hostilidades do mundo…
nas aflições capazes de surgir…
nos erros das pessoas queridas…
na desorientação de algum parente…
nos críticos que lhe observam a estrada…
na angústia que lhe ensombra o coração…
no desprezo de que se crê vítima…
nas ingratidões que supõe haver sofrido…
na deserção de algum ente amado…
nos seus próprios desejos desatendidos…
não se admita em doença grave, nem julgue que você esteja querendo socorrer o mundo ou melhorá-lo.
Com semelhantes problemas você apenas demonstra que se cansou de estar unicamente em si mesmo, na concha do “eu”, que se isola.
Quando isso estiver acontecendo consigo, você tão somente sofre de cansaço emocional e, para curar-se, basta uma indicação:
Busque esquecer-se, fuja de si mesmo, reflita nos problemas dos companheiros em dificuldades maiores dos que as nossas e procuremos trabalhar.

 

XAVIER, Francisco Cândido. Respostas da Vida. Pelo Espírito André Luiz. IDEAL. Capítulo 31.

PONTO FINAL DO AMOR

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/