NÃO TE AGASTE COM OS SACRIFÍCIOS QUE TENHAS QUE FAZER

NÃO TE AGASTE COM OS SACRIFÍCIOS QUE TENHAS QUE FAZER
NÃO TE AGASTE COM OS SACRIFÍCIOS
FARDO

SACRIFICAS-TE ?

 

 

Por certo supões que os Poderes Celestes olvidaram-te, na marcha áspera em que te encontras.
Certamente, imaginas quer os teus sofrimentos, tuas lutas, teus suores são os mais ácidos achados pelas humanas rotas.
Não se faz necessário grande esforço para demonstrar que te encontras equivocado, se pensas dessa forma.
Nunca te esqueças de que Deus não adormece e Suas Leis, perfeitas em todos os níveis consideradas, e, por isso, estás exatamente onde deve estar, com quem precisas estar e como desejas ficar, tendo em vista que os teus esforços por fazer o melhor e ser feliz, estão atrelados aos fatores causais que detonaste em tempos mais ou menos distantes.
Por que te sentes aturdido, como se uma grande desolação estivesse a minar as tuas estruturas íntimas? Sentes-te sacrificado na cruz de pesados deveres, dos quais não consegues te afugentar.
Medita, então, sobre o teu caso.
Partindo do princípio de que o Criador é a Absoluta Perfeição, o que te ocorre, embora tenhas tu mesmo motivado, ocorre sob o olhar desse Criador, pela mesma razão porque te respeitou a liberdade de ação, traçando os rumos de tua evolução, mais ou menos lenta.
Diante dos teus olhos e perante a tua sensibilidade desfilam:
esposos, cobradores incorrigíveis, a te exigirem cada dia mais sacrifícios, como se vivessem para perturbarem-te;
filhos cruéis, desatenciosos, que, apesar do melhor que lhe deste, especializam-se em fustigar a tua alma cotidianamente;
irmãos consangüíneos que, por razões várias, foram postos sob os teus cuidados, e, ante a necessidade de orientá-los, mantê-los, amá-los ou suportá-los, apesar de inúmeras vezes somente receberes ingratidão, desconsideração e exigências;
amigos das linhas sociais, tanto quanto colegas de profissão, operando nas mesmas oficinas, passam a pesar sobre os teus ombros em processos de inumana competição, como se fossem inimigos encarniçados disputando, violentamente, os palmos do espaço social e profissional onde se acham;
renúncias, quase sempre, a muitas coisas que gostarias de fazer, de usufruir, a fim de remanejares os recursos em benefício dos que te rodeiam como dependentes dos teus afetos e dedicações, sem que isso redunde na melhoria deles, que agem como se tu não fizesses mais do que a tua obrigação…
Medita, pois, medita.
Sacrificas-te?
Sim, sem dúvida.
Mas, retornando as concepções da perfeição divina, compreenderás que estás desenvolvendo a muita gente aquilo que deves, desde tempos pretéritos, a muita gente.
Porque te embrenhaste pelos matagais da irreflexão e dos desatinos, no passado, deves, agora, apoiar-te ao bordão da coragem, da confiança da Providência Maior para que te quites com a Lei, retomando os passos da renovação.
Assim, não te agastes com os sacrifícios que tenhas que fazer.
Unge-te com os ensinos de Jesus Cristo.
Ajusta-te à oração contrita e balsamizante.
Reveste-te de paciência para com os que te impõem duros testemunhos.
Trabalha, disposto a ressarcir e crescer, na convicção de que o final desses embates pode já estar próximo.
Não te esqueças de que sacrificar significa fazer sagrado, como indicam as bases latinas. Transforma, então, tuas lutas, dificuldades e lágrimas, em sagrada oferenda à Vida, a tua vida, para que, logo mais, te libertes da tua dúvida e te enriqueças com os legítimos valores da fé e do trabalho regenerador.

 

(De Revelações da Luz, de J. Raul Teixeira, pelo espírito Camilo)

SONHO

ESCREVER NOSSA HISTÓRIA

 

Estás Preocupado

 

É compreensível que te surpreendas em estado de preocupação, quando te defrontes com os diversos desafios do teu cotidiano.
Não será tarefa simplista o ter que dar conta dos quefazeres domésticos, associados aos da profissão e do convívio social.
Realmente, concebe-se que são tantas coisas a pesar sobre o teu sentimento, sobre os teus pensamentos, sobre o teu humor, que, vez que outra, percebes que foste invadido por ondas de preocupações, para o que abriste as portas morais.
Entretanto, vale parar um pouco e meditar acerca desse fenômeno.
Quando te preocupas, passas a dispender largas quotas das tuas energias na direção do objeto da tua preocupação.
Se a causa é válida, converge a preocupação em ação positiva e benfazeja, ao invés de te manteres paralisado à frente do desafio.
Se o móvel da preocupação não tiver a marca do legítimo valor, se o teu estado psicológico prende-se ao desejo de posse, ao ciúme, à falta de fé em Deus ou a qualquer capricho nocivo à saúde da alma, é chegado o tempo de, à custa dos necessários esforços, te desligares dessa sintonia, que te irá minando o mundo íntimo, sem que encontres solução, podendo escorregar para valões de desespero, mágoa, ódio ou indiferença, ou em estado extremo, podendo impulsionar-te para o crime, que tem variado espectro para as almas lúcidas que conhecem, ainda que por simples informações, as orientações das Leis Divinas.
Desse modo, estuda com clareza as fontes e motivos das tuas preocupações, considerando com o Celeste Guia que a cada dia já basta o seu mal.
Na certeza de que estás no mundo a fim de aprender, crescer e amar, nos roteiros da felicidade, não te permitas sucumbir ante problemas de saúde, financeiros, mal-entendidos ou familiares. Aprende a resolver, um após outro, os teus problemas e, na certeza de que o tempo é o fator de resolução de todos os enigmas, entrega as tuas preocupações ao Criador e marcha adiante aguardando a luz do novo dia, que sempre brilha após as noites de horror e sombras.
Não te deixes aturdir pelas exageradas preocupações, trabalhando com valor e afinco o cerne de ti mesmo.

 

Autor Camilo – Médium Raul Teixeira

doe alegria raul teixeira

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/