A nossa Fatalidade é o Bem

o bem

A nossa fatalidade é o bem

A real alegria rumo a felicidade deve ter como
fundamental importância a tarefa de servir.
Abençoado rastro luminoso em nossa jornada evolutiva,
o bem dá significado interior gerando satisfação íntima,
para a realidade do Ser espiritual que se é,
e sentido ao ato de viver.

Vera Jacubowski

nova-era

FAZER O BEM

O homem possuído pelo sentimento de caridade e de amor ao próximo faz o bem pelo bem, sem esperar recompensa, paga o mal com o bem, toma a defesa do fraco contra o forte e sacrifica sempre o seu interesse à justiça. (Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo XVII)
A beneficência, meus amigos, dar-vos-á nesse mundo os mais puros e suaves deleites, as alegrias do coração, que nem o remorso, nem a indiferença perturbam. Oh! pudésseis compreender tudo o que de grande e de agradável encerra a generosidade das almas belas, sentimento que faz olhe a criatura as outras como olha a si mesma, e se dispa, jubilosa, para vestir o seu irmão! Pudésseis, meus amigos, ter por única ocupação tornar felizes os outros! (…)
Oh! compreendei quão deliciosas são as impressões que recebe aquele que vê renascer a alegria onde, um momento antes, só havia desespero! Compreendei as obrigações que tendes para com os vossos irmãos! (…) Ide, meus bem amados, e tende em mente estas palavras do Salvador: “Quando vestirdes a um destes pequeninos, lembrai-vos de que é a mim que o fazeis!” (…) Caridade! sublime palavra que sintetiza todas as virtudes, és tu que hás de conduzir os povos à felicidade. (…)
É na caridade que deveis procurar a paz do coração, o contentamento da alma, o remédio para as aflições da vida. Oh! quando estiverdes a ponto de acusar a Deus, lançai um olhar para baixo de vós; vede que de misérias a aliviar, que de pobres crianças sem família, que de velhos sem qualquer mão amiga que os ampare e lhes feche os olhos quando a morte os reclame! Quanto bem a fazer!
Oh! não vos queixeis; ao contrário, agradecei a Deus e prodigalizai a mancheias a vossa simpatia, o vosso amor, o vosso dinheiro por todos os que, deserdados dos bens desse mundo, enlanguescem na dor e no insulamento! Colhereis nesse mundo bem doces alegrias e, mais tarde… só Deus o sabe!…. Adolfo, bispo de Argel. (Bordéus, 1861) Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo XIII.
Quando a Humanidade se submeter à lei de amor e de caridade, deixará de haver egoísmo; e o fraco e o pacífico já não serão explorados, nem esmagados pelo forte e pelo violento. Tal a condição da Terra, quando, de acordo com a lei de progresso e a promessa de Jesus, se houver tornado mundo ditoso, por efeito do afastamento dos maus. (Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo IX)
O mundo precisa, urgentemente, de ações voltadas para o bem; não basta, tão somente, não praticar o mal é necessário praticar o bem. Muitas vezes deixamos da fazer o bem esperando realizações de grande vulto; nos voltamos para o macro, mas pelo orgulho, rejeitamos o micro. Esquecemos que o micro forma o macro. “Pensar em fazer grandes coisa é o melhor pretexto para não fazer as pequenas.” (Jacinto Benavente y Martinez). Fazer o bem é simples, nós é que complicamos. O poder de um simples sorriso clareia o dia de quem o recebe; o aconchego de um abraço abriga, aquece e energiza; uma mão estendida a erguer aquele que está caído; um elogio sincero incentiva e dá novo vigor; um bom dia, uma boa tarde, um boa noite, um obrigado, transforma o momento de uma pessoa, faz alguém se sentir lembrado, considerado. São atitudes simples mas de incalculáveis benefícios tanto para quem os recebe, mas também aquele que pratica.
Não nos olvidemos de que o primeiro a ser ajudado é sempre aquele quem ajuda! “O bem não significa simplesmente não fazer o mal, mas antes não desejar fazer o mal.” (Demócrito) Como a corrente do bem, que gerou, inclusive o filme, devemos semear o bem, divulgá-lo, multiplicá-lo, exemplificá-lo.
O bem deve fazer parte de nossas vidas, os nossos pensamentos devem ser norteados pelo bem, pelo amor a humanidade. Se o pensamento é fonte de criação, mudemos, então, as nossas atitudes através de reforma íntima. Filme: A corrente do bem Warner Bros, EUA, ano 2000 com: Kevin Spacey, Helen Hunt e Haley Joel Osment Trecho do filme onde o aluno expõe a ideia da corrente do bem. O sentimento é a porta de entrada para a nossa mudança interior; não tenhamos vergonha de sentir, de nos emocionar. Somente através da empatia, nos colocando no lugar do nosso irmão, sentir as suas emoções é que poderemos dar início a essa mudança.
É a dor do outro doendo em mim! “Faça todo o bem que você puder, com todos os recursos que você puder, por todos os meios que você puder, em todos os lugares que você puder, em todos os tempos que você puder, para todas as pessoas que você puder, sempre que você puder.”

caridade-jesus

(John Wesley)
Como uma verdeira corrente vamos praticar o bem, e, a cada ato de bondade que nos for concedido vamos multiplicar; vamos ceder lugar a quem precisa, valorizemos todos, a toda humanidade. Vamos fazer a inclusão social daqueles que são discriminados; o importante é amor, pois o problema não é a diferença, mas ser tratado diferente. Vamos fazer o coração de alguém bater mais forte. Quem disse que não podemos mudar o mundo? O nosso Mestre Jesus não disse: “Vós sois deuses”? (João 10:34) Disse, ainda: “podem fazer o que eu faço e muito mais”. (João 14:12) Não temos que acreditar, mas sim, termos CERTEZA desse ensinamento do Mestre! Devemos mudar nossa postura acanhada para fazer o bem, o mal é ousado; sejamos mais ousados ainda, mas com muito amor. “Vale a pena ser bom, mas o melhor é fazer o Bem”.
(Robert Baden-Powell).

boa-semana-importantes

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/