A Nossa Glória ou a Nossa Desdita na Vida

A Nossa Glória ou a Nossa Desdita na Vida

a nossa glória

Nossa Glória ou a Nossa Desdita

A nossa glória ou a nossa desdita na vida
não depende de condições externas,
materiais ou superficiais…
Na verdade ela se encontra na capacidade
que temos de vencer unicamente:
nossas imperfeições morais e espirituais.
Vera Jacubowski

vera jacubowski 4

fim

Glória cristã

 

“Porque a nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência.”

– Paulo (II Coríntios, 1:12)

 
Desde as tribos selvagens, que precederam a organização das famílias humanas, tem sido a Terra grande palco utilizado na exibição das glórias passageiras.
A concorrência intensificou a procura de títulos honoríficos transitórios.
O mundo desde muito conhece glórias sangrentas da luta homicida, glórias da avareza nos cofres da fortuna morta, do orgulho nos pergaminhos brasonados e inúteis, da vaidade nos prazeres mentirosos que precedem o sepulcro; a ciência cristaliza as que lhe dizem respeito nas academias isoladas; as religiões sectaristas nas pompas externas e nas expressões do proselitismo.
Num plano onde campeiam tantas glórias fáceis, a do cristão é mais profunda, mais difícil. A vitória do seguidor de Jesus é quase sempre no lado inverso dos triunfos mundanos. É o lado oculto. Raros conseguem vê-lo com olhos mortais.
Entretanto, essa glória é tão grande que o mundo não a proporciona, nem pode subtraí-la. É o testemunho da consciência própria, transformada em tabernáculo do Cristo vivo.
No instante divino dessa glorificação, deslumbra-se a alma ante as perspectivas do Infinito. É que algo de estranho aconteceu aí dentro, na cripta misteriosa do coração: o filho achou seu Pai em plena eternidade.

EMMANUEL – FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER

atração

POR QUE SOU ESPÍRITA?

 
O Espiritismo me Acolheu, me Consolou, sem Reservas, sem Perguntas, sem Preconceitos, Ele nada me pediu de material, mas incitou em mim a “Reforma Íntima”, a busca de Melhorar e me jogou cara a cara com minhas imperfeições. Não me prometeu salvação, uma vez que religião nenhuma tem poder pra isso, Ele diz que “Fora da Caridade não há Salvação”,”Não há Elevação”, “Não há Progresso”, “Não há Luz”. Não me prometeu bens materiais, curas mirabolantes, nem resoluções mágicas de problemas.
Ele nos deu Ferramentas para que possamos buscar em nós mesmos os meios da nossa Evolução, guiados pelos Ensinamentos contidos no Evangelho de Jesus.
O Espiritismo nos diz: “Tudo lhe é permitido, porém nem tudo lhe convém”. Trata de todos os assuntos com Respeito e Coerência, tanto faz se eles são de cunho religioso, político, social, sexual…
Ele sempre vai ser ponderado e respeitoso, não nos é permitido empunhar a bandeira do Espiritismo para pleitear um cargo público, porém enquanto cidadãos não podemos nos abster de pensar, opinar e sobretudo, da melhor forma, contribuir para o bem comum.
Eu Sou Espírita porque não nos escondemos na religião para justificar nossos preconceitos, nossos erros, nossas atitudes vis, justamente o contrário, é preciso o reconhecimento das nossas mazelas para podermos nos Elevar.
O Espiritismo me fez questionadora, me impulsiona a Estudar, não me contentar com a máxima que diz: “Foi a Vontade de Deus”!
Pois se partimos do princípio que Deus é Soberanamente Justo e Bom no meu ponto de vista essa máxima está totalmente equivocada, creio num Deus de Infinita Misericórdia, que mesmo quando sofremos há uma razão Divina cujo propósito é extrair o melhor de nós, pois Ele sempre dá: “A cada um, segundo suas próprias Obras”, ou seja, “A cada um, segundo seu próprio Merecimento”.
Sou Espírita porque lá não há hierarquias, o único Mestre é Jesus, o Espiritismo nos ensina a colocar a dor no nosso bolso e socorrer aquele Irmão mais necessitado que nós, e todos detemos o poder da Caridade, pois Ela está em toda parte, num Sorriso, num Telefonema, numa Mensagem, num Olhar, numa Conversa, numa Doação, num Aperto de Mão, num Abraço, numa Vaga de Emprego, numa Visita a um Doente, não envolve necessariamente a ajuda material, e sim aquela ajuda sincera que flui do coração.
Família Júlio de Mattos.

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/