O FUNCIONAMENTO DAS LEIS DE ATRAÇÃO

preservar em calma
O FUNCIONAMENTO DAS LEIS DE ATRAÇÃO

Leis de Atração

 

Muita gente gasta horas e horas na tentativa em entender o funcionamento das leis da atração envoltos em fórmulas, práticas e técnicas complexas e de baixa eficácia.
A forma mais simples, prática e eficiente de se atrair coisas, situações e pessoas boas e positivas pra sua vida está simplesmente e naturalmente na construção de seu amor próprio. Pessoas que se amam, se aceitam, se valorizam e estabelecem uma relação bacana com a vida e com elas próprias, desenvolvem um poder natural de atração.
Todos somos portadores deste poder nato. O que falta a você é potencializá-lo e libertá-lo através do amor e da valorização construída sobre si mesmo. E para isto não se requer fórmula, técnica, habilidade e muito menos complexidade.
Ao aprender a sorrir e a agradecer diariamente em frente ao espelho já será um ótimo começo. Acredite. Não existe neste planeta algo mais perfeito, atraente e maravilhoso que você. Você só precisa lembrar-se disto por alguns segundos todos os dias. Saia de casa com este sentimento e pensamento que você entenderá como funciona a verdadeira, simples e natural lei da atração.

 

Ricardo Prado

luz emmanuel

ORAÇÃO DA SEMANA

ORAÇÃO DA SEMANA

 

Deus, me faz forte, para que eu siga essa semana e supere todos os desafios que me forem propostos, me ajude a ser melhor para o próximo, que eu seja sincero e puro de coração.
Me guia na tua luz e me abençoa com tua graça, sem esquecer dos meus amigos e familiares, eu peço por eles também meu Pai. Cuida dos que não tem o que comer, forneça abrigo aos corações desamparados, e esquente os corações gelados.
Renova em mim a esperança e me faz cumpridor da tua promessa.

 

Amém!

-Vitor Ávila

vitória do bem

A LEI DA ATRAÇÃO E A REENCARNAÇÃO

Autor: Pablo de Salamanca

 

O objetivo principal deste artigo é analisar alguns aspectos do que tem sido propagado sobre a Lei da Atração, porém sob o ponto de vista reencarnacionista.
A Lei da Atração, em termos resumidos, é tudo aquilo que um indivíduo atrai para si, conforme a energia que emite para o universo, através de seus pensamentos e sentimentos. Ou seja, aquilo que deseja e/ou crê, seja positivo ou negativo para si, o universo acaba por lhe fornecer. Desta maneira, vários livros e outras formas de divulgação têm apresentado uma visão interessante, de como nós, seres humanos, nos relacionamos com o cosmos, desde o nível “micro” até o nível “macro”. Assim podemos atrair doença ou saúde, alegria ou tristeza, pobreza ou prosperidade etc.
Portanto, a partir de uma conscientização do indivíduo, sobre o que está emitindo, e com posterior transformação de sentimentos e pensamentos inadequados, passando a canalizar de forma positiva suas energias, poderá ter muito mais sucesso e felicidade. Contudo, será que este mecanismo de comunicação/resposta com o cosmos é realmente tão simples assim? Se for considerado que a alma se forma junto com o corpo nascente, a Lei da Atração, como vem sendo veiculada, teria maior sentido. No entanto, há inúmeras evidências da Reencarnação como lei natural da vida. Não se discorrerá aqui sobre essas evidências, pois isto não faz parte do escopo deste artigo. Apenas consideraremos a ocorrência conjunta da Lei da Atração e da Lei da Reencarnação.
Ao delinearmos o quadro principal da presente discussão, é impossível não agregar um outro mecanismo de funcionamento da vida, que é a Lei de Ação e Reação, estreitamente vinculada à Lei da Reencarnação. Muito brevemente deixaremos definições sobre essas duas leis, para aqueles que, porventura, desconheçam-nas por completo. Assim, de forma simplista, pode-se afirmar que a Lei de Reencarnação existe, em decorrência da necessidade dos espíritos de retornarem à carne, após cada vida material, para continuarem seus aprendizados evolutivos. Já a Lei de Ação e Reação, em termos gerais, é um mecanismo universal de reequilíbrio para os seres que praticam atos de forma egoísta, desrespeitando a regra do “fazer aos outros somente o que gostaria de receber”. Agora sim, poderão ser desenvolvidos alguns raciocínios sobre a efetividade da Lei da Atração, em face dessas outras normas da vida.
Então, inicialmente, fazemos a seguinte pergunta: será que alguém, ao desejar trocar sua vida de insucessos, por uma forma de viver próspera, conseguirá esta realização utilizando-se dos procedimentos indicados pelos divulgadores da Lei da Atração (vide o documentário “O Segredo” e literatura correlata)? Será que basta trocar de crença interna (negativismo para positivismo), associando-se a técnicas de visualização e a um saber esperar sem ansiedade, para ter sucesso? Entendemos que isso é bom e gera uma predisposição positiva, possibilitando maiores chances de êxito, sobretudo se o indivíduo trabalhar e dedicar-se a sua meta.
No entanto, há quantas vidas pretéritas (encarnações antigas) esta pessoa vem pensando e sentindo de forma negativa e, além disso, tendo prejudicado outros indivíduos no passado? Será que a criatura que erra há milênios dará, no espaço de poucos anos de uma vida, um grande salto de qualidade, porque passou a acreditar que basta compreender e agir, isoladamente, conforme os postulados da Lei da Atração? Entendemos que não, primeiramente porque para se realizar uma mudança profunda, o desejo tem que partir do âmago do indivíduo, e não apenas através de um desejo superficial de melhorar financeiramente, de ter uma namorada etc.
Qualquer mudança real e duradoura, numa pessoa, depende muito do seu esforço por autoconhecimento. Entendemos que o autoconhecimento é a base fundamental para uma transformação definitiva. Isto é assim, a nosso ver, porque a personalidade em manifestação de uma pessoa depende, em grande parte, daquilo que está no seu inconsciente. Para aqueles que estudam a psique humana, é fator chave o entendimento de que os conteúdos do inconsciente influenciam bastante no comportamento de qualquer pessoa. Sobretudo para os estudiosos da psique humana, que são reencarnacionistas, fica mais evidente ainda que o inconsciente é determinante da personalidade atual de um indivíduo, pois o que está no seu inconsciente é o somatório de experiências de dezenas de vidas passadas. Ou seja, o que somos hoje é resultado de tudo o que fomos ontem (obviamente também somando-se às experiências adquiridas na vida presente).
Quem já teve oportunidade de acessar suas vidas pretéritas, através dos diversos métodos de regressão terapêutica existentes, pôde compreender que o seu modo de ser atual tem muita similaridade com vivências antigas (repetição de padrões). Pôde concluir também, com relativa facilidade, que o seu desenvolvimento evolutivo é bastante lento. Assim, não é difícil entender que o autoconhecimento é primordial para a conscientização dos próprios mecanismos mentais e emocionais, e esta conscientização é que possibilitará uma mudança efetiva numa pessoa. Aí sim, este ser estará preparado para vibrar em melhor frequência e atrair algo melhor para si. Enquanto este trabalho de autoconhecimento e transformação interior não estiver sendo, realmente, realizado por uma pessoa, ela não poderá mudar de fato. Então, este indivíduo estará bastante sujeito aos efeitos da Lei de Ação e Reação! Vamos a uma exemplificação!
Se um determinado espírito têm reencarnado há quatro ou cinco vidas e, sempre quando se vê em situação de limitação financeira, procura solucionar este problema através da desonestidade, ele ainda não aprendeu a respeitar o seu semelhante. Então, por quê este espírito, na sua vida atual, tendo contato com os ensinamentos veiculados sobre a Lei da Atração, terá sucesso financeiro duradouro sem antes ter aprendido uma tão simples lição cósmica, que é a de ser honesto para com o seu semelhante? Será que o simples e persistente uso dos procedimentos divulgados sobre a Lei da Atração resolverá o seu problema material? Será que antes disso, este espírito, agora reencarnado, não precisa testar as suas forças internas, resistindo ao impulso de lesar o seu semelhante materialmente?
Acreditamos que sim, porque quem já errou sistematicamente em algum campo da vida, naturalmente colhe os frutos amargos de um mal proceder, ou melhor, de uma “lição não assimilada” (Lei de Ação e Reação). Então, alguns argumentariam neste momento: “isto parece ser um mero castigo de Deus, e ele não é assim!” Concordamos, pois não temos uma visão antropomórfica sobre a Inteligência Superior, a que muitos chamam Deus. Acrescentamos, também, que a Divindade transcende às dualidades humanas de “certo X errado”, “bem X mal” etc.
No entanto, cremos firmemente que o equilíbrio do universo depende da Lei de Ação e Reação, de uma forma ampla e, portanto, alguém que tenha errado repetidamente, naturalmente não se beneficiará do que há de bom na vida, sem antes ter assimilado o mínimo para tal. É assim que o mundo manifestado caminha em equilíbrio, apesar do aparente caos. Em termos gerais, acreditamos que o propósito da vida é atingir níveis cada vez mais profundos de Harmonia. Assim, o que chamamos de Harmonia, seria a resultante da junção do Amor com a Justiça (ou Ordem). Então, voltando à Lei da Atração, Lei da Reencarnação e Lei de Ação e Reação, entendemos que estas leis são diretrizes de como a Justiça (Ordem) se faz presente no mundo, e, portanto, não são divergentes, mas complementares! Além das leis mencionadas, objetos desse artigo, existem outras que contribuem para o equilíbrio universal. Inclusive, cremos que existam leis das quais ainda não temos consciência. Somos, ainda, meros aprendizes!
Retornando à questão do uso da Lei da Atração, conforme vem sendo veiculado, afirmamos que não estamos aqui numa tentativa de combater estas ideias, mas sim na intenção de evitar distorções, causadas pela pressa e por interesses diversos. Já praticamos por um tempo a Lei da Atração, de acordo com a literatura recente, e obtivemos bons resultados, mas não na integralidade. Ao nos questionarmos internamente e fazermos uma pesquisa no campo do autoconhecimento, constatamos que a Lei da Atração funciona bem, até o ponto que não interfira no aprendizado espiritual do ser que está encarnado. Afirmamos isso, pois temos praticado a Psicoterapia Reencarnacionista (vide www.portalabpr.org), onde, através da observação e análise de muitas regressões a vidas passadas, notamos que as pessoas justamente não são felizes por terem cometido atos desarmônicos no pretérito, e ainda não terem transformado os sentimentos e pensamentos que provocam a desarmonia. É preciso, portanto, para a Lei de Atração funcionar de forma mais plena, modificar antigas tendências negativas (repetição de velhos padrões) e trazer uma nova significação para a própria vida.
Em outras palavras, apenas utilizando-se a Lei da Atração como um “programa fechado” de ideias e procedimentos, não é possível atingir “cirurgicamente” as causas internas de desarmonia. É preciso, antes, fazer esta “viagem para dentro” com forte disposição de mudança, até porque repetindo-se os velhos padrões inadequados não se estará sendo sincero o suficiente, para realizar com qualidade a Lei da Atração.

Saudações a todos

PRAZER DA VIDA

O Orgulho e a Humildade

 

Homens, por que vos queixais das calamidades que vós mesmos amontoastes sobre as vossas cabeças? Desprezastes a santa e divina moral do Cristo; não vos espanteis, pois, de que a taça da iniquidade haja transbordado de todos os lados.
Generaliza-se o mal-estar. A quem inculpar, senão a vós que incessantemente procurais esmagar-vos uns aos outros? Não podeis ser felizes, sem mútua benevolência; mas, como pode a benevolência coexistir com o orgulho? O orgulho, eis a fonte de todos os vossos males. Aplicai-vos, portanto, em destruí-lo, se não lhe quiserdes perpetuar as funestas conseqüências. Um único meio se vos oferece para isso, mas infalível: tomardes para regra invariável do vosso proceder a lei do Cristo, lei que tendes repelido ou falseado em sua interpretação.
Por que haveis de ter em maior estima o que brilha e encanta os olhos, do que o que toca o coração? Por que fazeis do vício na opulência objeto das vossas adulações, ao passo que desdenhais do verdadeiro mérito na obscuridade? Apresente-se em qualquer parte um rico debochado, perdido de corpo e alma, e todas as portas se lhe abrem, todas as atenções são para ele, enquanto ao homem de bem, que vive do seu trabalho, mal se dignam todos de saudá-lo com ar de proteção. Quando a consideração dispensada aos outros se mede pelo ouro que possuem ou pelo nome de que usam, que interesse podem eles ter em se corrigirem de seus defeitos?
Dar-se-ia o inverso, se a opinião geral fustigasse o vicio dourado, tanto quanto o vicio em andrajos; mas, o orgulho se mostra indulgente para com tudo o que o lisonjeia. Século de cupidez e de dinheiro, dizeis. Sem dúvida; mas por que deixastes que as necessidades materiais sobrepujassem o bom senso e a razão? Por que há de cada um querer elevar-se acima de seu irmão? Desse fato sofre hoje a sociedade as conseqüências.
Não esqueçais que tal estado de coisas é sempre sinal certo de decadência moral. Quando o orgulho chega ao extremo, tem-se um indicio de queda próxima, porquanto Deus nunca deixa de castigar os soberbos. Se por vezes consente que eles subam, é para lhes dar tempo a reflexão e a que se emendem, sob os golpes que de quando em quando lhes desfere no orgulho para os advertir. Mas, em lugar de se humilharem, eles se revoltam. Então, cheia a medida, Deus os abate completamente e tanto mais horrível lhes é a queda, quanto mais alto hajam subido.
Pobre raça humana, cujo egoísmo corrompeu todas as sendas, toma novamente coragem, apesar de tudo. Em sua misericórdia infinita, Deus te envia poderoso remédio para os teus males, um inesperado socorro à tua miséria. Abre os olhos à luz: aqui estão as almas dos que já não vivem na Terra e que te vêm chamar ao cumprimento dos deveres reais. Eles te dirão, com a autoridade da experiência, quanto as vaidades e as grandezas da vossa passageira existência são mesquinhas a par da eternidade. Dir-te-ão que, lá, o maior é aquele que haja sido o mais humilde entre os pequenos deste mundo; que aquele que mais amou os seus irmãos será também o mais amado no céu; que os poderosos da Terra, se abusaram da sua autoridade, ver-se-ão reduzidos a obedecer aos seus servos; que, finalmente, a humildade e a caridade, irmãs que andam sempre de mãos dadas, são os meios mais eficazes de se obter graça diante do Eterno.
– Adolfo, bispo de Argel. (Marmande, 1862.)
KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. FEB.

boa semana

Calma para o Êxito

 

Em todos os passos da vida, a calma é convidada a estar presente.
Aqui, é uma pessoa tresvariada, que te agride…
Ali, é uma circunstância infeliz, que gera dificuldade…
Acolá, é uma ameaça de insucesso na atividade programada…
Adiante, é uma incompreensão urdindo males contra os teus esforços…
É necessário ter calma sempre.
A calma é filha dileta da confiança em Deus e na Sua justiça, a expressar-se numa conduta reta que responde por uma atitude mental harmonizada.
Quando não se age com incorreção, não há por que temer-se acontecimento infeliz.
A irritação, alma gêmea da instabilidade emocional, é responsável por danos, ainda não avaliados, na conduta moral e emocional da criatura.
A calma inspira a melhor maneira de agir, e sabe aguardar o momento próprio para atuar, propiciando os meios para a ação correta.
Não antecipa, nem retarda.
Soluciona os desafios, beneficiando aqueles que se desequilibram e sofrem.
Preserva-te em calma, aconteça o que acontecer.
Aprendendo a agir com amor e misericórdia em favor do outro, o teu próximo, ou da circunstância aziaga, possuirás a calma inspiradora da paz e do êxito.

 

FRANCO, Divaldo Pereira. Episódios Diários. Pelo Espírito Joanna de Ângelis. LEAL. Capítulo 16.

fazer brilhar chico xavier

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/