O TEMPO É O NOSSO MAIOR ALIADO

O TEMPO É O NOSSO MAIOR ALIADO

TEMPO ALIADO

O TEMPO 

“O Tempo é o nosso melhor aliado.
desperta as criaturas para as verdades eternas, pelas próprias lições que ele trás em benefícios para o espírito imortal, que somos todos nós.”
Vera Jacubowski

O Próximo

Acabamos de vivenciar as comemorações do Natal, onde buscamos entender a simplicidade das palavras de Jesus, que se fez presente, para ser o nosso modelo e guia.
Para muitos Ele é a salvação, ou seja, a evolução espiritual de cada ser. Portanto, processo individual e que deve ser “conquistado”, dia a dia através de nossas ações. É dessa maneira que seremos o “sal do mundo”.
Resgatamos ainda o fato de que Jesus se fez presente em uma família e soube crescer e desempenhar sua função também no seio familiar, pois a família é o princípio de nossa evolução.
Hoje muitos se dizem cristãos e seguidores de Jesus, através de diversas denominações, cada qual com suas particularidades. Templos, igrejas e casas espíritas repletos de pessoas que buscam fazer o bem, seguindo Jesus.
Mas será que isso realmente reflete a realidade?
Se conhecermos um pouco mais a vida dessas pessoas, o seu cotidiano, lamentavelmente iremos ver que o básico, por talvez ser simples, foi esquecido, mal compreendido.
Vejo grupos preocupados com arrecadações materiais para doação àquelas pessoas que vivem em situação precária, grupos cuidando das atividades de estudo, atendimento fraterno nas casas espíritas, outros ainda no atendimento mediúnico, e mais tantos outros em atividade de semeadura do bem.
Mas, o que me leva a apontar que o básico e o simples foram esquecidos?
É o fato das pessoas que compõem esses grupos se esquecerem do próximo mais próximo.
O acaso não existe assim tudo o que vivemos são frutos de nossas ações passadas ou presentes e/ou do compromisso reencarnatório assumido.
A família consanguínea abriga na maioria das vezes, aqueles que de alguma forma foram prejudicados e/ou auxiliarão e /ou serão auxiliados na caminhada de evolução. Assim o amor, a paciência e respeito devem nortear independente das diferenças de opiniões, a maneira pela qual serão tratados, certos de que, somente assim, estaremos vivendo o Amor ao próximo em sua plenitude.
Por estarem tão próximos e por ser algumas vezes mais difícil lidar com as diferenças de opinião, não se visualiza no parentesco corporal (pais, irmãos, cônjuges, filhos, sogros (as), genros, noras, etc.) o próximo.
Muitos se sentem erroneamente egoístas quando veem a família como o próximo. Assim se dedicam ao outro apenas nas casas espíritas, não sobrando tempo algum para o próximo mais próximo que é sua família corporal.
Diante de tal posicionamento podemos afirmar que entenderam as palavras de Jesus?
Relendo o evangelho encontraremos um trecho em que Jesus nos ensina que não devemos nos dirigir ao Pai, sem antes conciliar os ressentimentos, para com nosso próximo.
Isto não se aplica a família?
Kardec nos orienta “Quem não tiver com que viver, procure recurso fora da mediunidade” (O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. 26). Podemos também ampliar esse conceito atribuindo que antes de fazer caridade aos desconhecidos, ou somente nas casas espíritas, é preciso primeiro viver a caridade dentro do lar, com o próximo mais próximo de nós?
Amigos lembrem-se do que já comentamos em outras oportunidades de que não se ama o outro sem primeiramente amar-se a si mesmo, da mesma forma o próximo é primeiramente os que estão mais próximos de nós.
Quantos se dedicam de forma integral nas atividades das casas espíritas e nem sabem dizer ao certo o que seu cônjuge faz, ou ainda a idade de seus filhos?
Tantos outros ouvem e auxiliam na resolução de problemas alheios e complexos, mas não conseguem ouvir, as necessidades da família?
Afinal, há alguma distinção ou classificação de quem seria o próximo por Jesus?
Todo o trabalho desenvolvido em templos, igrejas, casas espíritas é muito importante, para o amadurecimento e evolução do homem através da vivência do evangelho.
Mas não menos importante é a vivencia desse mesmo evangelho dentro da missão de cada um em seu lar. Se sabemos que nada existe por acaso, com certeza o lar que cada um compartilha neste momento, é exatamente onde ele precisa estar e desenvolver o Amor, a paciência, o respeito para com o outro.
Só doamos ao outro aquilo que temos dentro de nós. Se não vivo o amor ao próximo com o meu próximo mais próximo, como viverei com aquele que me é distante?
Seria de certa forma viver uma ilusão?
Enquanto encarnados somos matéria, semi-matéria e espírito, portanto cabe-nos desempenhar as funções da matéria e do espírito. Devemos buscar o equilíbrio.
Todo excesso é ruim. Contrabalançar vida espiritual com vida material, vida familiar com vida na casa espírita é fundamental.
Minha sugestão para reflexão semanal é nos interiorizarmos e nos questionarmos: de que forma estamos vivendo o amor com o meu próximo mais próximo?
Desejo que se aprofundem nessa reflexão, meus amigos, sempre amparados pela espiritualidade maior e os ensinamentos de Jesus.
Com todo o carinho e respeito desse irmão da parentela espiritual.
Em: 29/12/2014
Médium: Lúcia (Cavile).
Irmão Matheus: Colônia Espiritual Maria de Nazaré.

empréstimo

No Tempo Justo

Você encontrará o que busca,
fará o que lhe aprouver,
viverá conforme imagina,
escolherá os próprios amigos,
lutará com os recursos de que dispõe,
decidirá sobre o caminho a percorrer,
cultivará os pensamentos em que se compraz…
Mas, se a Lei Divina
lhe faculta semear livremente,
não o exime da responsabilidade
de colher.
Observe, portanto, o tipo de semente
que você lança ao solo da vida,
porque,
no tempo justo,
ela produzirá segundo a sua
espécie.
Pelo Espírito Albino Teixeira
XAVIER, Francisco Cândido; BACCELLI, Carlos A.. Brilhe Vossa Luz. Espíritos Diversos. IDE. Capítulo 20.

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/