PEGADAS LUMINOSAS

pegadas luminosas

Pegadas Luminosas

Vive de tal forma que deixes pegadas luminosas no caminho percorrido, como estrelas apontando o rumo da felicidade e não deixes ninguém afastar-se de ti sem que leve um traço de bondade, ou um sinal de paz da tua vida.
Joanna de Ângelis

ORAÇÃO JOANNA DE ÂNGELIS

Nas Pegadas da Evolução

Se queres ser feliz, Auxilia!
Se desejas que te ouçam, Ouça!
Se queres ser amado, Ame!
Quando descobrires o caminho, e, ao, indicá-lo
fores desacreditado; crê em ti e segue, pois algum dia vislumbrarás bem distante espontar pequenas luzes na estrada.
Assim é a vida!
Um longo caminho!!m grande aprendizado! Onde o correto, o verdadeiro por vezes começa só, mas um dia perceberá muitos a segui-lo.
Portanto: Não te afastes de tuas verdadeiras convicções!
Não questiones se fostes ouvido, seguido ou amado!
Esta estrada a ser achada é individual.
É longa, cheia de percalços e para muitos ainda está bloqueada!
Procura afastar as pedras de teu caminho e se conseguires afasta também as do teu próximo.
Sem que ele perceba propicia-lhe um atalho.
Deixa o caminho pronto e segue!
Completa a tua Obra e Crê naqueles que te enviam Luzes.
“Vive de tal forma, que deixes pegadas luminosas no caminho
percorrido, como estrelas apontando o rumo da felicidade.”

joanna de ângelis perfil

 BONS PENSAMENTOS

Sempre que pensamentos negativos vierem a nossa mente, vamos trocá-los por outros que sejam melhores para nós. Não sejamos inseguros, tristes, desanimados e sem esperança em dias melhores. Não nos queixemos, não sejamos inconformados, e nem vamos ficar reclamando da vida e das pessoas.
Vamos formular em nossa mente só bons pensamentos positivos e atrairemos o que Há de melhor para nós.
Tenhamos fé em Deus e em nós mesmos.
Que Deus nos presentei-e com um dia tranquilo e na sua santa paz!

pomba azul color

A HISTÓRIA DOS TRÊS ESPÍRITOS INFELIZES

Um homem teve uma briga com outro homem e este o matou. Ele desencarnou, saiu do corpo e foi ao plano espiritual. Um espírito de luz veio recebe-lo e começou a conversar com ele. O recém-desencarnado estava com raiva e disse: “Aquele homem me matou. Eu agora vou lá destruir a vida dele”. O espírito de luz disse: “Meu filho, tudo isso já passou. Observe a si mesmo nesse momento e perceba que você não está morto. A morte não existe. Você já iria desencarnar de qualquer jeito, pois era chegada a sua hora. Ninguém tirou a sua vida, pois você é espírito e sua vida é eterna”. O homem ouviu o espírito de luz, mas não deu atenção e continuou dizendo que ele não tinha direito de fazer o que fez, que iria se vingar, iria destruir ele e sua família, que iria fechar seus caminhos, etc. O homem largou o espírito de luz e foi embora dizendo que estava com ódio e “faria ele pagar”. A partir desse momento, não conseguiu mais ter paz…
Uma mulher era excessivamente apegada ao dinheiro e ao conforto material. Queria ganhar muito e ficar cada vez mais rica. Seu objetivo era acumular mais e mais bens e patrimônio. Sofreu um acidente e desencarnou. Chegou ao plano espiritual e foi recebida pelo mesmo espírito de luz, que explicou sobre a morte, dizendo que ela havia deixado o plano da matéria e agora estava em outra vida. A mulher disse: “Eu agora preciso ver onde vou morar aqui no plano espiritual, pois quero ganhar muito dinheiro para ter uma mansão e muito conforto”. O espírito de luz disse: “Minha filha, aqui no plano espiritual não existe dinheiro, não existem casas, não existe conforto, não existe o ganhar alguma coisa. Aqui existe a paz e a felicidade no infinito”. A mulher ignorou o espírito e continuou dizendo que queria ir a um local luxuoso, queria o melhor hotel, queria a cama mais confortável, queria as melhores roupas, as melhores maquiagens, etc. O espírito de luz disse que lá não existia forma física, então não havia maquiagens. Lembrou que ela não tinha mais um corpo de matéria. Mas a mulher não quis saber… foi embora e ficou sofrendo por não poder conquistar o que ela queria. A partir desse momento, não conseguiu mais ter paz…
Uma mulher vivia pelo seu filho. Ela fazia de tudo por ele, se sacrificava para que ele ficasse bem, se anulava completamente: o motivo de sua vida era o filho. Essa mulher teve uma doença grave e desencarnou em pouco tempo. Mais uma vez, o mesmo espírito de luz veio falar com ela e explicar sobre o plano espiritual. Mas a moça não conseguia se concentrar no que o espírito falava e já queria saber como estava seu filho; queria vê-lo, queria cuidar dele, estar com ele, etc. O espírito de luz disse: “Minha irmã, seu filho é um espírito como você. Ele vai viver as experiências que precisa no plano da matéria, para sua própria evolução. Sua missão com ele já passou. Agora ele precisa aprender a se virar sozinho, sem você resolvendo tudo por ele. Nesse momento você precisa viver sua vida aqui no plano do espírito”. A mulher mais uma vez não deu ouvidos e foi embora. Ela voltou a Terra e ficou tentando cuidar do filho, mas acabou o prejudicando e se tornou sua obsessora. A partir desse momento, não conseguiu mais ter paz…
Quando desencarnamos e não conseguimos nos libertar das coisas da Terra, não conseguimos viver livremente no plano espiritual e continuamos preocupados com os assuntos mundanos. Passamos a viver inquietos, angustiados, nervosos, apegados, com remorso e com outras formas de prisão ao que já passou. Por isso, se durante nossa vida ficamos presos a certas questões, apegados a dinheiro, a pessoas ou a situações vividas, podemos sofrer muito no plano espiritual por não conseguirmos nos desligar. Ficaremos como o homem que continuou com raiva do seu assassino ter tirado sua vida mesmo sabendo que a vida sempre continua; ou ficaremos como a mulher que, mesmo perdendo tudo, ainda sentia falta dos confortos e do dinheiro do plano material e sofria por não tê-los mais, ou ficaremos como a mulher que se anulava pelo filho resolvendo tudo por ele, e após a morte, não conseguia se desconectar dele para viver no plano espiritual e seguir em frente.
Não faça como esses espíritos infelizes… Viva de forma livre, sem amarras, aqui no plano da matéria. Caso contrário, você será infeliz e não terá paz no plano espiritual.
(Hugo Lapa)

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/