PORQUE É NATAL

PORQUE É NATAL ?

muitas bênçãos

 

Porque é Natal

 

boas festas

Senhor,

 

A Tua voz é o som perfeito que me embala o ser, e que me faz ouvir o murmúrio tranquilizante dos astros.
O Teu olhar é como o brilho solar, que me aquece a alma fria, marcada pelo desalento e pela desesperança, nessa dura marcha para a elevação.
As Tuas mãos representam para mim o divino apoio, amparo que me impede de tombar, fragilizado como estou, nos rumos em que me vejo, ante a necessidade de subir.
As Tuas pegadas indicam-me as trilhas por onde devo me orientar nessa ausência de bússola moral com o entorpecimento da ética, quando desejo ir ao encontro de Deus.
As Tuas instruções, Jesus Nazareno, mapeiam para mim o território da paz, ensejando-me clareza para que saiba onde me encontro e como estou, para que não me perca nessa ingente procura dos campos de amor e das fontes de paz.
Os Teus silêncios falam-me bem alto a respeito de tudo o que devo aprender e operar nos recônditos de minh’alma, aprendendo tanto a falar quanto a calar, sempre atuando na construção do mundo rico de fraternidade que almejamos.
Agora, quando me ponho a meditar sobre tudo isso, meu Senhor, desejo exalçar o Teu nome, por toda a minha omissão dos milênios afora, embora a Tua paciente e dúlcida presença junto a mim.
Já é Natal na Terra, Jesus!
E porque é o Teu Natal, busco em Tua luz desfazer as minhas sombras.
Procuro em Tua assistência superar minhas variadas necessidades.
Quero no Teu exemplo de trabalho atender os meus deveres.
Porque é o Teu Natal, anseio por achar na Tua força a coragem de superar os meus limites.
Desejo ver na Tua entrega total a Deus o reforço para minha fidelidade ao bem e, na Tua auto-doação à vida, anelo tornar-me um servidor;
No culto do dever que te trouxe ao mundo, quero honrar o meu trabalho.
No Teu natal, que esparge claros jorros de amor sobre o planeta, quero abrigar-te no imo do meu coração convertido numa lapa bem simples, para que possas nascer em mim, crescer em mim e atuar por mim.
E, na magia do Natal, vibro para que minhas ações permitam que o Teu formoso reino logo mais possa alojar-se aqui, no mundo.
E que cheio de júbilo n’alma eu possa dizer que te amo, que te busco e que te quero seguir, apesar da simplicidade dos meus gestos e do pouco que tenho para dar-te, meu doce Amigo, meu Senhor.
* * *

MAGIA DE NATAL

O Natal é sempre a especial oportunidade de exercitar o amor.
Em nome de um menino, há cores e brilho nas ruas. Pessoas andam apressadas, entrando e saindo das lojas.
A sua preocupação é adquirir um mimo, um presente para os seus amados, para os amigos, para os colegas.
Também para quem nem conhece e resolveu apadrinhar. Um brinquedo para fazer sorrir uma criança.
Um abraço para quem vive só. Um sorriso para quem vive sem amor.
Tudo porque é Natal.
Natal de Jesus. Festa de corações. Momento de paz, de oração, de amor.
Não deixe passar em branco essa data. Participe com sua cota de alegria, de doação e de carinho.
Porque é Natal.
Redação do Momento Espírita, com mensagem do Espírito Ivan
de Albuquerque, psicografia de Raul Teixeira.
Em 24.12.2012.

bênçãos de jesus

PERCEPÇÃO DE LUZ

 

Vai mantendo a calma que logo as coisas se acertam.
Não se perturbe com os perturbados.

Quem vive em trevas não consegue ter a mínima percepção da luz alheia por mais tênue que seja.

 

Adeilson Salles

AMOR DE NATAL

QUE NESTE NATAL

 

Meus amados anjos amigos!

Que neste Natal,
eu possa lembrar dos que vivem em guerra,
e fazer por eles uma prece de paz.
Que eu possa lembrar dos que odeiam,
e fazer por eles uma prece de amor.
Que eu possa perdoar a todos que me magoaram,
e fazer por eles uma prece de perdão.
Que eu lembre dos desesperados,
e faça por eles uma prece de esperança.
Que eu esqueça as tristezas do ano que termina,
e faça uma prece de alegria.
Que eu possa acreditar que o mundo ainda pode ser melhor,
e faça por ele uma prece de fé.
Obrigada Senhor, por ter alimento,
quando tantos passam o ano com fome.
Por ter saúde, quando tantos sofrem neste momento.
Por ter um lar, quando tantos dormem nas ruas.
Por ser feliz, quando tantos choram a solidão.
Por ter amor, quando tantos vivem no ódio.
Pela minha paz, quando tantos vivem o horror da guerra.

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/