SEMEIA, SEMEIA

SEMEIA, SEMEIA…   “A alma humana é como um celeiro abençoado. Quando abastecida de ensinos superiores, transforma-se em manancial de luz, saciando a fome de consolação da humanidade sofredora. Vazia, porém, fica sujeita à poeira da inércia e ao mofo do desânimo. Se já reúnes as sementes do Evangelho em tua alma, não as guardes Leia Mais