O EGOÍSMO É A GRANDE CHAGA

1620541

O Egoísmo 

 

O egoísmo é a grande chaga,

o maior entrave para todas

as realizações humanas.

 

Vera Jacubowski 

CARDS1762

O Egoísmo

11 – O egoísmo, esta chaga da humanidade, deve desaparecer da Terra, porque impede o seu progresso moral. É ao Espiritismo que cabe a tarefa de fazê-la elevar-se na hierarquia dos mundos. O egoísmo é portanto o alvo para o qual todos os verdadeiros crentes devem dirigir suas armas, suas forças e sua coragem. Digo coragem, porque esta é a qualidade mais necessária para vencer-se a si mesmo do que para vencer aos outros. Que cada qual, portanto, dedique toda a sua atenção em combatê-lo em si próprio, pois esse monstro devorador de todas as inteligências, esse filho do orgulho, é a fonte de todas as misérias terrenas. Ele é a negação da caridade, e por isso mesmo, o maior obstáculo à felicidade dos homens.
Jesus vos deu o exemplo da caridade, e Pôncio Pilatos o do egoísmo. Porque, enquanto o Justo vai percorrer as santas estações do seu martírio, Pilatos lava as mãos, dizendo: Que me importa! Disse mesmo aos judeus: Esse homem é justo, por que quereis crucificá-lo? E, no entanto, deixa que o levem ao suplício.
É a esse antagonismo da caridade e do egoísmo à invasão dessa lepra do coração humano, que o Cristianismo deve não ter ainda cumprido toda a sua missão. E é a vós, novos apóstolos da fé, que os Espíritos superiores esclarecem, que cabem a tarefa e o dever de extirpar esse mal, para dar ao Cristianismo toda a sua força e limpar o caminho dos obstáculos que lhe entravam a marcha. Expulsai o egoísmo da Terra, para que ela possa elevar-se na escala dos mundos, pois já é tempo da humanidade vestir a sua toga viril, e para isso é necessário primeiro expulsá-lo de vosso coração.
*

PASCAL Sens, 1862

12 – Se os homens se amassem reciprocamente, a caridade seria mais bem praticada. Mas, para isso, seria necessário que vos esforçásseis no sentido de livrar o vosso coração dessa couraça que o envolve, a fim de torná-lo mais sensível ao sofrimento do próximo. O Cristo nunca se esquivava: aqueles que o procuravam, fossem quem fossem, não eram repelidos. A mulher adúltera, o criminoso, eram socorridos por ele, que jamais temeu prejudicar a sua própria reputação. Quando, pois o tomareis por modelo de todas as vossas ações? Se a caridade reinasse na Terra, o mal não dominaria, mas se apagaria envergonhado; ele se esconderia, porque em toda parte se sentiria deslocado. Seria então que o mal desapareceria; compenetrai-vos bem disso.
Começai por dar o exemplo vós mesmos. Sede caridosos para com todos, indistintamente. Esforçai-vos para não atentar nos que vos olham com desdém. Deixai a Deus cuidar de toda a justiça, pois cada dia, no seu Reino, Ele separa o joio do trigo.
O egoísmo é a negação da caridade. Ora, sem caridade não há tranqüilidade na vida social, e digo mais, não há segurança. Com o egoísmo e o orgulho, que andam de mãos dadas, essa vida será sempre uma corrida favorável ao mais esperto, uma luta de interesses, em que as mais santas afeições são calcadas aos pés, em que nem mesmo os sagrados laços de família são respeitados.

EMMANUEL – Paris, 1861

CARDS2065

Vírus: Orgulho

Meus amigos, é muito grande a epidemia da variação do famoso vírus: egoísmo, em um novo vírus chamado orgulho. Vírus esse que tem infectado todos os cantos do orbe, causando uma epidemia, que não se pode precisar quando começou, pois, a mesma remonta desde primórdios da humanidade.
Esse vírus é muito ardiloso e assim se camufla facilmente, passando desapercebido pela maioria, ou sendo classificado erroneamente. Sua proliferação se dá em ambiente propício: materialismo e imediatismo, o qual o orbe se acha inserido.
Vejamos os sintomas que surgem em sua fase inicial e que se diagnosticados a tempo, são passíveis de uma recuperação eficaz e rápida, sem causar muitos prejuízos.
Um dos primeiros sintomas é um descontentamento com as qualidade e oportunidades que se apresentam, aliando-se ao sentir-se prejudicado por não possuir o que se julga merecedor. Ora meus amigos, sabemos da bondade e sabedoria de Deus, assim sendo, se não temos determinadas oportunidades ou “dons”, é por que com certeza esses seriam motivos de tropeços para nós, diante do muito que ainda temos que aprender.
Passa também pelo estágio do se considerar “insubstituível”, portanto melhor do que qualquer outro ser humano. Isso é provocado pela ilusão de querermos ser melhor que os outros, não nos contentado apercebendo das diferenças que nos fazem seres únicos para o Pai. Se somos Todos Um, é óbvio sermos substituídos em nossas atividades por outros. Concordamos que ninguém fará qualquer atividade como nós pois somos únicos, mas isso não impede que façam igual ou até melhor, seguindo o seu estilo próprio.
Temos ainda outro sintoma bastante comum que é a alegação de excesso de trabalho, como a justificar o ser insubstituível e ampliar seu grau de importância. O excesso de trabalho, na maioria das vezes, é reflexo da ineficiência em ensinarmos a atividade e sabermos delegar. Caso contrário estaríamos supondo que ninguém mais é capaz de adquirir conhecimento, o que é um erro imenso.
Ainda outro sintoma sútil é a constante necessidade de auxiliar, não como exercício do bem e do crescimento mútuo, mas como forma de criarem-se dependências, para se provar que é superior. Meus amigos, quem realmente quer auxiliar, não somente dá o peixe, mas com certeza ensina a pescar, de forma que o outro possa andar pelos seus próprios pés. Assim já nos ensinava Jesus. A dependência é estabelecida como forma de realçar a nossa falsa superioridade perante o outro e ainda colher a fama de “bonzinho”.
Esse vírus em fase um pouco mais avançada vai se adentrando de tal forma, que nos torna impossível ver o óbvio. Assim tudo que ouvimos, lemos e vemos sempre tem relação e aplicação na vida do outro, mas nunca na nossa.
Neste momento, deixo bem claro que esta mensagem é para você que está lendo, não é para seu vizinho, para seu amigo, para seu chefe ou seu familiar. Ela foi elaborada exclusivamente para você, como forma de auxiliá-lo a se manter vigilante para não se tornar vítima do vírus ou para combater o vírus caso perceba que ele está se instalando com a profilaxia necessárias.
Em seu estágio final, vemos claramente o indivíduo contaminado, e muitas vezes assumindo o seu orgulho e assim desenvolvendo sintomas como: reclusão, se afastando de todos e qualquer grupo por se achar superior. Não é capaz de ouvir o outro e nem assimilar o novo. Sendo eternos aprendizes sempre temos algo a ensinar e algo a aprender. As relações estabelecidas pelo contaminado são sempre superficiais e descartáveis, onde buscam somente satisfazer a si. Há também o vazio que o assola de maneira assustadora, causando insônia e pesadelos, mas que são tratados com drogas e a aquisição de bens materiais e momentos de prazer. Como esses bens são fugazes há sempre a necessidade de mais, levando-o a se perder de si mesmo.
A profilaxia meu amigo é acessível a todos, e depende da dedicação e empenho de cada um, pois, se concentra nos ensinamentos de Jesus: no exercício da paciência, da tolerância, da abnegação, da humildade, da prece, da fé, do estudo e principalmente na disponibilidade em servir ao bem, ao outro.
Convido-os a iniciarmos esta semana uma campanha para a erradicação dessa doença do planeta Terra, com a adesão de cada um de nós, através de nossas atitudes coerentes com o Evangelho de Jesus.
Iniciemos, portanto agora, as mudanças que se fazem necessárias em nosso ser e assim nos veremos livres desse vírus e dessa epidemia para sempre.
Com muito carinho e certeza da vitória nessa luta,
Em: 06.07.2015
Médium: Lúcia (Grupo Mediúnico Maria de Nazaré – CAVILE)
Espírito: Irmão Matheus (Colônia Espiritual Maria de Nazaré)

CARDS2240

•Curta e Partilhe↓

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/