A VIDA ME ENSINOU A NÃO LUTAR CONTRA AS DORES

HUMILDADE E AUTO CONHECIMENTO

Estude a si mesmo, observando que o auto conhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz.
ALLAN KARDEC

SOFRIMENTOS E PRÓPRIAS IMPREVIDÊNCIAS

Quando tomamos conhecimento de que alguns irmãos que nos são caros passam por sofrimentos em função de suas próprias imprevidências, chegamos às vezes a nos sentir um tanto culpados por não tê-los orientado no tempo em que mais precisavam.
Não precisamos nos impor desgastes emocionais nesse sentido, porque tanto quanto a maioria deles, nós também estamos passando por aprendizados.
Não temos como dimensionar a necessidade de expiações e provas de nossos companheiros de jornada. Não detemos poderes para interferir no livre arbítrio deles principalmente quando não somos solicitados a fazê-lo através de nossas orientações. Temos, no entanto, o direito de fazer as melhores vibrações possíveis a favor deles e envolvê-los em nossas preces.
Quando nos lembramos desses irmãos com atenção e carinho, demonstramos o nosso desejo de vê-los capazes de superar os próprios desafios. Precisamos nos fortalecer da mesma fé que eles também precisam para buscar de livre e espontânea vontade as soluções para se libertarem dos embaraços dos quais se tornaram responsáveis.
Como Espíritos reencarnados, não temos acesso a muitas providências necessárias para socorrer o nosso próximo, mas podemos ter a certeza de que ele jamais estará desamparado, porque a Bondade Divina sempre permite que Benfeitores Espirituais façam o trabalho que não está ao nosso alcance.
(Texto extraído do Livro “Mãos Unidas” de Emmanuel – psicografado por Francisco Cândido Xavier).

A VIDA ME ENSINOU A NÃO LUTAR CONTRA AS DORES

A VIDA ME ENSINOU A NÃO LUTAR CONTRA AS DORES

“A vida me ensinou a não lutar contra as dores e as decepções, mas sim, a enfrentar-las com fé, calma, coragem e uma gota de ousadia”.
Zhane Kastro

Comentários