Amizades Verdadeiras São Como Árvores – Bom Dia

376655

  Amizades Verdadeiras

 

“Diz uma lenda chinesa que amizades verdadeiras
são como árvores de raízes profundas
nenhuma tempestade consegue arrancar.”

 

Velho Sábio

sonhos mais altos

Afetos Relembrados

 

Alma querida, escuta:
Depois de compromissos assumidos, de coração atônito, avistaste
formosas afeições de tempos idos…
Não sabes definir o sentimento que te parece fome, em que lutas e
esperas, ansiando reaver cuidados incessantes, contatos e alegrias
de outras eras.eis que a reencarnação, vedando-te as lembranças,
não te deixa extrair da névoa transitória nomes e posições,
impulsos e ocorrências que a vida te guardou no escrínio da
memória…
Mas a lei da atração te fala sem barulho, na força do reencontro
inesperado, sobre a nova expressão em que se te apresentam as ligações que volvem do passado.
Alma presa ao dever em que te ajustas, bastas vezes te vês em pranto ardente; Queres reter, de novo, os laços prediletos de que vives ausente.
Entretanto, alma boa, louva sempre a prova que te envolve o
próprio “eu”…
Firam-te estranhas dores, permanece no trabalho que o Céu te
concedeu.
Ama, abençoa, ampara, esclarece, aprimora…
Essas almas queridas são flores que plantaste noutro tempo.
Entre sombras e luzes de outras vidas.
Não lhes negues carinho e reconforto, mas não te faças coração
em chama, ensina-lhes o amor em sacrifício com que o Cristo nos
ama.
Cumpre as obrigações em que Deus te resguarda, sem de leve rompê-las…
E, um dia, encontrarás o amor de teus sonhos mais altos, no País
das Estrelas.

A Vida Conta (psicografia Chico Xavier – espirito Maria Dolores)

jesus corações

Flor de Vida

 

O Espírito, nas bençãos da carne, é uma flor de vida, concedida por Deus para o crescimento dos nossos dons espirituais. Quem se encontra estagiando na soma carnal, agradeça ao Senhor pelas oportunidades, que estão se fazendo cada vez mais raras, já nos finais da expiação do organograma espiritual.
Os Espíritos de Deus que estão dirigindo a Terra, sob a orientação do Mestre Jesus, intercruzam o amor de seus corações para a Humanidade, como se fossem raios solares, e trabalham constantemente para o soerguimento de todas as almas, sem escolha, dando a cada uma o que pode suportar na escala da sua evolução.
Esse é o alento de vida que os benfeitores da espiritualidade maior nos concedem, a todos os trabalhadores, dentro e fora da carne, pela alta misericórdia de Espíritos que já vivem a tranqüilidade da consciência impertubável. A nossa segurança maior é que o Cristo se encontra no leme dos nossos destinos, a nos amar por todas as modalidades, para que despertemos para amar o nosso próximo, da mesma maneira que queremos amor para o nosso coração.
A alma é uma flor de Deus, vicejando no ambiente da Terra, colhendo experiências aqui e ali, na certeza de que a liberdade espiritual depende muito da nossa parte, no exercício que devemos fazer para vencer as nossas inferioridades. A energia divina está em toda parte, ao nosso dispor, esperando que entendamos essa ciência, para o uso de tal energia em favor dos outros e para o nosso bem-estar.
Meus irmãos, solicitamos que ouçam essa voz, pelas letras do Evangelho de Jesus, reconstruindo-se a si mesmos nas mudanças necessárias, para que se apresentem ante Jesus como homens novos, na pureza dos sentimentos espirituais.
Cada dia que passa nos pede renovação; cada ano, realizações de caridade, e cada século, cota de luz no amor à Humanidade. Somos flor de vida na grande vida universal. A nossa confiança deve crescer em todos os rumos e a paz deve se instalar em todos os sentidos, compreendendo que a felicidade da alma sem a fraternidade nos passos é impossível. O nosso planeta está em situação invejável, em se falando do futuro. Devemos orar, reconstruirmos a nós mesmos, para merecê-lo como novo berço, onde encontraremos os frutos das sementes lançadas ao solo no passado.
A ordem do Divino Senhor é trabalhar, trabalhar e trabalhar, pelos fios do progresso dos que se ajustarem à nossa frente. Escolhamos a abelha como exemplo, pois além de viver do trabalho, ela cede seus esforços para curar e alimentar os homens. Todo movimento no bem comum é porta que se abre para que sintamos a vida maior em convites incessantes, onde a alegria é a força de viver.
Sentimos os homens como flores no jardim de Deus e temos o prazer de conviver com eles, ajudando no que a vida nos favorece. Usamos todos os meios lícitos para ficar mais visíveis às criaturas, sem esquecermos o sorriso, como flor de vida de Deus em nós.

 

MAIA, João Nunes. Flor de Vida. Pelo Espírito Scheilla. Fonte Viva.

luz e verdade

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/