Oração Pela Paz de Espírito

162277

Oração Pela Paz

de Espírito

Senhor, neste instante em que o nosso coração pulsa mais forte,
e a paz começa a nascer como a aurora sob a luz do sol.
Queremos te dizer, que muito felizes estamos em manifestarmos
nosso amor, nossa gratidão e nosso louvor a Ti.
Pai te suplicamos, não nos desampare, coloque-nos na tua proteção,
sob tuas mãos magnânimas sob as asas da tua Paz Divina.
Pai, volte o teu olhar para teus filhos amados, aqueles que te
buscam com sinceridade de alma e de coração aberto.
Vimos no coração manso, humilde e sereno de Jesus,
o dom de amar, de partilhar e de perdoar.
O espírito que veio para nos transformar em teus filhos com paz.
Nesta caminhada terrena estamos buscando com responsabilidade
os teus desígnios, distribuí-los a tantos que necessitam.
Fazei que não desanimemos e não nos percamos do bom propósito de ajudar.
Queremos abrir nosso coração e deixar entrar a tua Paz,
para fazer parte de nossas vidas cotidianamente.
Possamos dar um sentido de tranquilidade saudável e feliz
ao espírito que habita em nós.
Que Tua infinita Paz
nos ilumine a todos nós e a humanidade inteira.

Que Assim Seja.!

Vera Jacubowski

sol

A CHAVE BENDITA

Emmanuel

 

Efetivamente, muitos são os problemas que nos assediam a existência. Dificuldades que não se esperam, tribulações que nos espancam mentalmente, sofrimentos que se instalam conosco, sem que lhes possamos calcular a duração, desajustes que valem por dolorosos constrangimentos.
Se aspiras a obter solução adequada às provas que te firam, não te guies pela rota do desespero.
Tens contigo uma chave bendita – a chave da humildade, cunhada no metal puro da paciência.
Perante quaisquer tropeços da estrada, usa semelhante talento do espírito e alcançarás para logo a equação de harmonia e segurança a que pretendes chegar.
Nada perderás, deixando fale alguém com mais autoridade do que aquela de que porventura disponhas; nunca te diminuirás por desistir de uma contenda desnecessária; em coisa alguma te prejudicarás abraçando o silêncio diante de conceitos deprimentes que te sejam desfechados; não sofrerás prejuízo algum em te calando nessa ou naquela questão que diga respeito exclusivamente às tuas conveniências e interesses pessoais; grandes lucros no campo íntimo te advirão da serenidade ou da complacência com que aceites desprestígio ou preterição; jamais te arrependerás de abençoar ao invés de reclamar, ainda mesmo em ocorrências que te amarguem as horas; e a simpatia vibrará sempre em teu favor, toda vez que cedas de ti mesmo, em benefício dos outros.
Efetuemos os investimentos valiosos de paz e felicidade, suscetíveis de serem capitalizados por nós, através dos pequeninos gestos de tolerância e bondade e o esquema de trabalho, a que a vida nos indique, ganhará absoluta eficiência de execução.
Seja na vida particular ou portas adentro de casa, no grupo de serviço a que te vinculas ou na grande esfera social em que se te decorre a existência, sempre que te vejas à beira de ressentimento ou revide, rebeldia ou desânimo, nunca te entregues a semelhantes agentes destrutivos.
Tenta a humildade.
Do livro: Mais Perto. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.


Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/