PRECE PELA SAÚDE DA HUMANIDADE

PRECE PELA SAÚDE DA HUMANIDADE

Vamos Todos Orar. !

Convido a todos nossos amigos a se unirem a nós em uma corrente de Amor e se for possível parar um pouquinho o que você está fazendo, desconecta a sua mente, acalma o coração, deixa fora todas as preocupações, confiantes de que Deus está no comando.
Ele tem um propósito, uma solução para cada um de nós e pela humanidade inteira.
Gostaríamos de pedir aos nossos amigos encarnados e desencarnados que nos unamos em uma vibração de saúde, em uma vibração aos enfermos para irmos aos leitos dos hospitais, as camas dos enfermos aos leitos de suas casas, que elas possam ser atendidas pelas Equipes do Dr. Bezerra de Menezes com a permissão do Nosso Mestre Jesus.
Vamos vibrar pelas Equipes Médicas, pelos enfermeiros, por todos aqueles que trabalham auxiliando nas enfermidades físicas e espirituais, levando um pouco de consolo, de conforto e esperança.
Pedimos a todos que se unam numa corrente salutar levando saúde a todos nossos irmãos em humanidade, e que seus protetores possam ser inspirados e que as equipes médicas, possam ter a inspiração necessária para melhor curar as enfermidades que assolam os seres humanos, que possam emanar uma energia de amor e envolver a todos.
Pedimos aos nossos mentores amigos, que possam levar a paz e o nosso Divino Mestre Jesus nos envolva em seus fluídos de paz, amor e caridade.

Que Deus nos abençoe a todos irmãos em humanidade.

Saúde e Paz, agora e sempre.

Que Assim Seja.

PROPÓSITOS DE TRANSFORMAÇÃO

MORAL E INTELECTUAL

Por quê será que somente apreendemos a viver profundamente nossos reais propósitos de transformação moral e intelectual, quando as dores, as dificuldades, sofrimentos, os conflitos e aflições da vida nos visita ?
– Porque é nestes momentos mais significativos, que envolve nossa saúde, emocional e sentimental, através do nosso espírito imortal, que na busca da renovação íntima, voltando para dentro de si, nesta introspecção, que é sempre uma alternativa positiva, para que as nossas atitudes, atos e ações inovadoras da nossa evolução espiritual que se processa.
Vera Jacubowski

Oração pela Humanidade

Deus, nosso Pai misericordioso e bom!
Diante das sombras que se espalham sobre o nosso planeta, desejamos rogar a Sua ajuda, como jamais o fizemos antes.
Sabemos que o Senhor é onisciente e sabe tudo o que acontece neste minúsculo grão de areia que chamamos Terra, mas desejamos externar a nossa singela oração.
Senhor, muitos dos Seus filhos se esqueceram que são filhos da luz e se obstinam em disseminar trevas por onde passam.
Alguns homens perderam a fé na vida, perderam a fé no Senhor… e se perderam…
Outros pensam que a Terra está à beira do caos e que o Senhor, que acende as estrelas e faz girar os astros, abandonou a Humanidade terrestre.
Compadeça-se das nossas misérias morais e abençoe-nos…
Releve a nossa ignorância, tolere a nossa ingratidão e perdoe a nossa falta de fé.
Esquecidos de que em essência somos luz, Senhor, permitimos que as sombras nos cubram a visão e nos infelicitem.
Há tanta falta de luz no mundo, Senhor…
Enquanto o amor se esgueira, tímido, a violência se mostra em plena luz do dia, sem disfarce…
Até parece, Senhor, que muitos dos seus filhos enlouqueceram… Acreditando-se senhores da Terra e dos seus irmãos em humanidade…
Há homens que esqueceram os verdadeiros valores do Espírito e penhoram seu patrimônio moral em troca de dinheiro, como se o dinheiro fosse a única coisa que importa…
Alguns até agem como se o dinheiro fosse seu único e poderoso Deus…
Sabemos, Senhor, que o homem é o único ser capaz de reconhecer a sua soberania, mas às vezes dá a impressão de que os animais são mais dóceis e executam de maneira mais eficiente as tarefas que lhes cabem na sua obra.
Senhor, por tudo isso queremos lhe rogar: ajude-nos a construir um mundo melhor, de onde a guerra seja banida de vez por todas…
Um mundo onde o ser humano seja mais valorizado do que algumas notas de dinheiro…
Um mundo onde o ser humano seja mais importante do que um cargo, do que um pedaço de chão, do que um papelote de drogas, do que outro interesse qualquer.
Eis a nossa rogativa, Senhor.
Ajude-nos a enxergar um pouco além dos nossos próprios interesses para construir a paz tão almejada e tão pouco buscada de verdade…
Ajude-nos a retirar dos olhos a venda da vaidade, que nos impede de enxergar as nossas deformidades morais e nossa pequenez diante da sua grandeza.
Ajude-nos a romper essa concha de egoísmo que nos paralisa as mãos e nos impede de estender os braços para ajudar nossos irmãos.
Ajude-nos a diluir essa máscara de prepotência para que possamos entender que nada somos sem o Seu amor…
Ajude-nos, Senhor, a elevar o olhar acima da própria estatura, para vislumbrar o horizonte e caminhar em sua direção.
Ajude-nos a abrir mão da autopiedade e lançar o olhar em redor… Descobrir nosso próximo e nos aproximar dele…
Ensine-nos, Pai, a construir pontes de entendimento, a estreitar laços de amizade, a entender o semelhante, a amar…
Ajude-nos, Senhor, a admitir a própria fragilidade…
A livrar-nos da arrogância…
A construir jardins…A espalhar perfume…A enxugar lágrimas…
A caminhar com coragem…A acreditar na vida e no Seu incondicional amor…
A disseminar esperança…A sorrir sempre…A perdoar sem condições…
E, por fim, Senhor, ajude-nos a voltar nosso olhar para as estrelas, mesmo que nossos pés ainda se encontrem encharcados de lama.

Que assim possa ser, Senhor!

Redação do Momento Espírita.
Em 10.09.2012.

BRASIL Coração do Mundo,
a Pátria do Evangelho.

Por Haroldo Dutra Dias

“Eu queria fazer uma ponderação sobre a obra, sobre o paradigma.
Nós lemos o título: Brasil, Coração do mundo, Pátria do Evangelho (Humberto de Campos/Chico Xavier)…e imaginamos o quê?
Uma nação que seria modelo econômico,
modelo político,
modelo social,
e que desfilaria como uma grande rainha, com vestes brilhantes, e o mundo ajoelhado, adorando-a.
Mas isso não é Jesus!
A obra começa com a visita do Cristo à Terra, e ele vem como gestor, vem como governador do mundo, e pede um inventário do cristianismo, e todo mundo fica envergonhado.
O semblante do Cristo fica contrito, porque depois de mais de 1500 anos de Evangelho no mundo, os resultados eram pífios.
Aí diz Humberto de Campos: o semblante dos anjos fechou-se.
É grave.
Então o quê Cristo decide?
Mudança do quartel.
Desloca.
Escolhe um ambiente geográfico.
Porque magneticamente o Brasil é coração do mundo. E o Cristo faz então o transplante da Árvore do Evangelho.
Aí nós vemos a nomeação do Governador (espiritual), Ismael.
Quando a coisa começa “esquentar”, Ismael pede uma reunião com Cristo.
Em frente a Jesus, Ismael, o Anjo; quando ele começa a falar, não dá conta, chora.
Os problemas já eram gigantes.
Chora porque, fala:
-“Não vai dar certo!”. “Mestre, não dá. O Senhor pediu pra formar essa nação com o povo mais simples da Europa, o mais trabalhador, porque os outros estavam viciados no materialismo e na posse.
O Senhor pediu que trouxesse a contribuição da África, da Mãe África, só que estão escravizando todo mundo.
E o Senhor pediu que tivesse a contribuição do povo simples de lá, dos índios, só que o Senhor não imagina o que estão fazendo!”
E chora…
E aí, Jesus, dá a solução:
– “Ismael, você vai nas regiões mais tenebrosas da Terra, e vai chamar todos os espíritos que faliram nas Cruzadas, todos que faliram na Inquisição, todos os políticos corruptos da Terra, todos os religiosos que se desvirtuaram por 3, 4 mil anos…
-“Mestre… Qual que é a ideia?”
-“A ideia? Manda todo mundo pro Brasil!”
Ismael vai, levanta a bandeira
“Deus, Cristo e Caridade”,
… uma turba de espíritos infelizes segue o Anjo e encarna no Brasil.
Conclusão, o que que o Cristo quis dizer a Ismael?
-“Eu não vim pros sãos, eu vim pros doentes!
Brasil é Hospital!
Não é galeria de arte.
Esse país não foi feito para exibir santos, foi para regenerar seres.”
Aqui está reunida, nesta nação, o que há de pior.
E por quê?
Porque aqui é o Grande Hospital do Cristo.

BRASIL CORAÇÃO DO MUNDO,

a Pátria do Evangelho.

O Brasil já é.”

ORAÇÃO AO DR. BEZERRA DE MENEZES – APÓSTOLO DE JESUS

“Nós te rogamos, pai de bondade e justiça pelo nosso senhor e mestre Jesus evocando o teu servo dileto BEZERRA DE MENEZES e sua legiões de trabalhadores.
Que eles nos assistam senhor consolando os aflitos, proporcionado a cura daqueles que se façam merecedores, confortando aqueles que tiverem suas provas e expiações a passar.
Esclarecendo os que desejarem conhecer os teus desígnios, assistindo a todos quanto apelam para o teu infinito amor.
Jesus! Divino portador da luz, e da verdade, estende tuas mãos dadivosa em socorro daqueles em que te reconhecem o despenseiro fiel e prudente, faz de doutor Bezerra divino modelo.
Através de tuas equipes consoladoras, de teus espíritos servidores, a fé se eleve, a esperança aumente, a bondade se expanda e o amor triunfe sobre todas as coisas.
BEZERRA DE MENEZES. Apóstolo do bem e da paz. Amigo dos humildes e dos enfermos, movimenta tuas falanges amigas em benefício daqueles que sofrem, sejam males físicos ou espirituais.
Abnegados espíritos, médicos do além, obreiros do Senhor, derramai a cura sobre toda a humanidade sofredora afim de que os seres tanto encarnados quanto os desencarnados tornem-se amigos da paz e do conhecimento, da harmonia e do perdão semeando pelo o mundo, os divinos exemplos de nosso irmão maior JESUS CRISTO”

QUE ASSIM SEJA.

(Bezerra de Menezes)

DR. BEZERRA DE MENEZES

MÉDICO DOS POBRES

Dr. Bezerra atendia à todos e não cobrava nada.
Certo dia, seu ajudante de consultório lhe perguntou:
– Dr. Bezerra, sua família está passando necessidade, por que o senhor não cobra pelo menos um pouco das pessoas? E ele respondeu:
– Como estas pessoas irão pagar, se muitos não tem o que comer? O rapaz então perguntou:
– O que o senhor comeu ontem? E Dr. Bezerra respondeu, depois de gaguejar:
– Nada.
Então, entraram em acordo. As pessoas pagariam se quisessem, e o quanto pudessem, e o dinheiro iria para às mãos de sua esposa.
E certo dia, ao examinar uma criança, deu a receita para a mãe. Ela chorando disse:
– Como comprarei este remédio, se não tenho o que comer?
Dr. Bezerra, tratou de procurar algum dinheiro para lhe dar, mas não encontrou.
Então, olhou para seu dedo e viu seu anel de formatura.
Não pensou duas vezes, retirou o anel do dedo e deu para a mãe, dizendo:
– Leve este anel, ele comprará comida e os remédios que seu filho precisa.
ESTE ERA BEZERRA DE MENEZES,
O APÓSTOLO DA CARIDADE DO BEM E DA PAZ.

Comentários