SOMOS O QUE REPETIDAMENTE FAZEMOS – Aristóteles

SOMOS O QUE REPETIDAMENTE FAZEMOS Somos o que repetidamente fazemos   Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, é um hábito.   Aristóteles   Tolerância e Fraternidade   O ser querido desertou do lar, vencido pela fragilidade das fôrças ainda impregnadas de alta dose de animalidade; todavia, acusa-te, fazendo-te responsável pela sua fuga. Sê Leia Mais