A Oração da Alma Justa

A Oração da Alma Justa

A Oração da Alma Justa

A Oração da Alma Justa

A oração da alma justa

 

A oração da alma justa abre os céus, arrebenta os porões dos umbrais, e chega aos ouvidos de Deus. Ele, ouve as preces ditadas pelo coração sincero e aberto, pela gratidão e amor, enviando chuvas de bênçãos de paz e luz.

 

Vera Jacubowski

força e fé

Acalma a minha alma, Senhor,

 

Que se confrange em pesares,
Ante os problemas
Mal resolvidos
Ou sem solução.
Acalma minha alma, Senhor,
Quando a madrugada chega
E o sono não vem
Para o reclamado
Repouso do corpo cansado
Da luta diária.
Acalma minha alma, Senhor,
E toma minha vida em Tuas mãos.
Conduza-me para que
Eu não me perca
Nos caminhos tortuosos
Do desespero e da angústia
Que, insistentes,
Batem à porta
De meus pensamentos
E de meu coração.
Acalma minha alma, Senhor,
Equilibra minhas energias
E fortalece meu espírito
E assim, somente assim,
Com Teu amor
Alicerçando minha vida,
É que poderei vencer
Hoje e sempre.

Que Assim Seja. Amém.!

(Autor desconhecido)

Oração do Aprendiz

 

Senhor !

Em tudo quanto eu te peça,
conquanto agradeça a infinita bondade com que me atendes.
Não consideres o que eu te rogue,
mas aquilo de que eu mais necessite.
E quando me concederes aquilo de que eu mais precise,
ensina-me a usar a tua concessão, não só em meu proveito,
mas,em benefício dos outros,
a fim de que eu seja feliz com a tua dádiva,
sem prejudicar a ninguém.

 

André Luiz

perdoe andré luiz

Acalme meu passo, Senhor!

 

Desacelere as batidas do meu coração,
acalmando minha mente.
Diminua meu ritmo apressado com uma visão da eternidade do tempo.
Em meio às confusões do dia a dia, dê-me a tranquilidade das montanhas.
Retire a tensão dos meus músculos e nervos
com a música tranquilizante dos rios de águas constantes
que vivem em minhas lembranças.
Ajude-me a conhecer o poder mágico e reparador do sono.
Ensina-me a arte de tirar pequenas férias:
reduzir o meu ritmo
para contemplar uma flor,
papear com um amigo,
afagar uma criança,
ler um poema,
ouvir uma música preferida.
Acalme meu passo, Senhor,
para que eu possa perceber no meio
do incessante labor cotidiano dos ruídos,
lutas, alegrias, cansaços ou desalentos,
a Tua presença constante no meu coração.
Acalme meu passo, Senhor,
para que eu possa entoar
o cântico da esperança,
sorrir para o meu próximo
e calar-me para escutar a Tua voz.
Acalme meu passo, Senhor,
e inspire-me a enterrar minhas raízes
no solo dos valores duradouros da vida,
para que eu possa crescer
até no caminho para a Vida Eterna.
Obrigado Senhor,
pelo dia de hoje, pela família que me deste,
meu trabalho e sobretudo pela Tua presença em minha vida.

 

Que Assim Seja! Amém.

galileu jesus

Medo

 

Esmagadora maioria das criaturas padece a rigorosa constrição do medo. Adversário dos mais cruéis, o medo é responsável por tragédias inomináveis que varrem a Terra em todas as direções, gerando clima nefando de atrocidades de classificação muito complexa.
Sob o comando do medo, homens e mulheres se atiram a dissipações venenosas, entregando-se a paulatino aniquilamento, do qual dificilmente se libertam.
Jovens em todos os hemisférios do planeta sofrem na atualidade os miasmas do medo, que os intoxicam, enlouquecendo-os de surpresa. Não obstante as superiores conquistas do pensamento, as largas expressões da comunicação os debates francos e livres, as liberdades dos costumes, as realizações tecnológicas preciosas para o contexto humano, nos dias modernos, falecem os ideais do enobrecimento e as linhas da sóbria razão, graças às tenazes do medo dominante em todos os campos da ação.
A fuga espetacular dos deveres e os desregramentos sexuais são portas falsas pelas quais enveredam as hodiernas comunidades subitamente transformadas em manicômios de largas proporções, permitindo-se os jovens, em razão disso, encontros periódicos e maciços para se sentirem uns aos outros e, ao impacto da música selvagem como dos entorpecentes, esquecer, sonhar, embalar aspirações para eles irrealizáveis na sociedade chamada de consumo…
O medo de enfrentar problemas e solvê-los, como consequência do falso paternalismo do passado, empurra as mentes novas a formas diversas de expressão, muitas delas inspiradas por outras mentes desencarnadas que intercambiam psiquicamente em clima obsidente de longo curso entre as duas esferas: aquém e além da morte.
Alimentado ou esmagado nos painéis da alma, raramente vencido nos combates face a face de cada dia, o medo se alonga e prossegue, mesmo quando o espírito desencarna, permanecendo atado às reminiscências infelizes, anestesiado pela hipnose do pavor.
Dizimando em largas faixas da experiência humana, o medo não tem recebido o necessário investimento do estudo psicológico na Terra, quanto às suas raízes, que se encontram cravadas nos recessos íntimos do espírito, bem como não tem merecido a justa apreciação para combatê-lo com os hábeis recursos, específicos, capazes de o vencer e destruir.
*
O criminoso inqualificável que mata com requintes de sadismo e o suicida melancólico que investe, cobarde, contra a própria vida, sofrem a psicose do medo.
O grupo anarquista que consuma agressões revoltantes em nefastas maquinações da crueldade e o pai de família insensível no lar, ocultam-se nos rebordos do medo, buscando ignorar a enfermidade que os desequilibra.
Na quase totalidade dos crimes que explodem, opressivos, encontram-se os rastros do medo sempre presente.
As constrições morais pungentes, econômicas apavorantes, sociais caóticas, educacionais de solução difícil, das enfermidades de caráter irreversível, se fazem fatores preponderantes para que grasse o medo, soberano. Em tal particular, desempenharam relevante papel as normas religiosas do passado que ensinavam o “temor” em detrimento do amor” a Deus, os preconceitos exacerbados ante os quais a gravidade do erro era ser este conhecido e não apenas praticado, desde que se demorasse ignorado, contribuíram expressivamente para a atmosfera que hoje se espalha célere e morbífica.
Contudo, as informações espíritas responsáveis pela natural realidade do além-túmulo, desvelando os falsos “mistérios” e elucidando os enigmas ontológicos, são portadoras do antídoto ao medo, mediante a confiança que ministra aos que se abeberam da sua água lustral, penetrando de paz quantos se comprazam em meditar e agir com segurança nas diretrizes de fácil aplicação.
O labor fraternal, o culto doméstico do Evangelho, o pensamento de otimismo freqüente e o recolhimento da oração, a par do uso da água magnetizada e do passe, produzem expressiva terapêutica valiosa e de imediatos resultados para a aquisição da saúde e da renovação, combatendo o medo.
*
Retornando da sepultura vazia, disse Jesus aos discípulos amedrontados: “Sou eu, não temais”.
Todo o Evangelho é lição viva de sadia tranquilidade e elevado otimismo.
Ora reeditado através do Espiritismo, é o mais eficaz processo psicológico atuante, capaz de edificar nos corações e nos espíritos conturbados do presente a consubstanciação das promessas de Jesus:
“Eu vos dou a minha paz.
“Eu ficarei convosco por todo o sempre.
“Vinde a mim os cansados e oprimidos.
“Tende bom ânimo: eu venci o mundo!”
Reflitamos, e, sem receio, avancemos construindo com o amor a fim de que o amor nos responda à sementeira de esperança, com a floração da paz e da alegria a benefício de todos.
*
“Não temais: ide avisar a meus irmãos que se dirijam à Galiléia e lá me hão de ver”. Mateus: capítulo 28º, versículo 10.
*
“A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade, que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio”.
Evangelho Segundo Espiritismo. Capítulo 5º – Item 14.
FRANCO, Divaldo Pereira. Florações Evangélicas. Pelo Espírito Joanna de Ângelis. LEAL. Capítulo 21.

oração da alma justa vera jacubowski

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/