DOUTRINA ESPÍRITA -SINERGIA DO BEM

QUESTÃO 930 – O LIVRO DOS ESPÍRITOS – ALLAN KARDEC

Parte Quarta
Das esperanças e consolações

CAPÍTULO I
DAS PENAS E GOZOS TERRESTRES

Felicidade e infelicidade relativas

930. É evidente que, se não fossem os preconceitos sociais, pelos quais se deixa o homem dominar, ele sempre acharia um trabalho qualquer, que lhe proporcionasse meio de viver, embora deslocando-se da sua posição. Mas, entre os que não têm preconceitos ou os põem de lado, não há pessoas que se vêem na impossibilidade de prover às suas necessidades, em conseqüência de moléstias ou outras causas independentes da vontade delas?
“Numa sociedade organizada segundo a lei do Cristo ninguém deve morrer de fome.”
A.K.: Com uma organização social criteriosa e previdente, ao homem só por culpa sua pode faltar o necessário. Porém, suas próprias faltas são frequentemente resultado do meio onde se acha colocado.
Quando praticar a lei de Deus, terá uma ordem social fundada na justiça e na solidariedade e ele próprio também será melhor.” (793)

QUESTÃO N.930/LE – LEI CRISTÃ

Pela lei cristã, ou seja, pelos ensinamentos de Jesus no seu evangelho de vida, ninguém passa necessidades, desde quando obedeça a seus preceitos no que toca à vida.
Um dos luminares da espiritualidade maior responde ao Codificador sua inteligente pergunta, de maneira simples, sem prolixidade:
Numa sociedade organizada segundo a lei do Cristo, ninguém deve morrer de fome.
Os próprios discípulos do Senhor nada possuíam, no entanto, nada lhes faltava do essencial e todos eram abastecidos naquilo de que precisavam. Eles viviam a verdadeira fraternidade, onde todos trabalhavam para ser úteis aos que precisavam. Os enfermos presos aos catres de provações recebiam igualmente tanto quanto os que trabalhavam. Qual dos trabalhadores gostaria de trocar posição com um enfermo? O que é melhor: trabalhar ou ficar preso ao leito? Os velhos, as crianças, os enfermos e os indolentes precisam viver e se Deus não deixa faltar para eles o ar, a chuva e o sol, os frutos e o teto, e mesmo o ensejo de viver na Terra, nós é que vamos negar a nossa parte no que podemos doar-lhes?
Em verdade afirmamos que também ainda passamos por esse estágio. O amor verdadeiro não exige, a caridade iluminada não pede recompensa e a fé que se firma na razão não precisa do anúncio dos homens. A supressão em nós das paixões é necessária para que a vida corra dentro da harmonia, de modo que a consciência se apodere da paz que não perturba o coração.
Sejamos omissos nos julgamentos apressados e cuidemos de nós mesmos sem egoísmo, esquecendo igualmente o orgulho em todas as suas ramificações que as paixões apresentam no campo imenso da mente. No dia em que o Evangelho de Jesus penetrar os portais da política e os homens que a praticam o colocarem como carta de luz na magnitude que ele alcançou, nada vai faltar para o homem, porque Deus não dá a miséria e, sim, dá abundância, em todos os ramos da vida que o ser humano possa estar. Se o amor for a primeira idéia das almas dos dois planos da vida, as enfermidades desaparecerão por simples toques das mãos, a água será remédio e o ar dará mais vida.
Vendo-a Jesus, chamou-a e disse-lhe:
Mulher, estás livre da tua enfermidade. (Lucas, 13:12)
Basta uma ordem do verbo que não se misture com as paixões inferiores, que a enfermidade, ou as enfermidades de todos os tipos, obedeçam ao comando divino. A Doutrina dos Espíritos está abrindo caminhos para que os homens entendam a necessidade de harmonia na mente e no coração, passo divino que ele próprio deve dar, buscando sua própria felicidade.
A Doutrina que vai dominar o mundo é a do Cristo, onde o amor e a caridade se expressam como a presença de Deus. A sociedade deve se organizar segundo a lei do Cristo, para que no planeta vigore a paz e nada falte para ninguém.
Trabalhemos, pois, para estabilizar a harmonia na Terra, que ela é mãe dadivosa e santa. Do seu seio fecundo brotarão vidas que alimentam as vidas maiores, pelo influxo do amor dos próprios homens. Podes esperar a volta do Cristo, essa é uma verdade, mas, desta vez no reino dos corações, de modo que o homem, à espera dessa visita, mude seu proceder e limpe a sua casa interna, para que o mundo e o ambiente em seu derredor igualmente se transformem, passando a ser o paraíso esperado, e o céu sairá dos corações dos homens, para o coração da Terra. Assim será banido todo tipo de desarmonia, e o ser humano avançará para a plenitude da vida, respirando no ambiente da verdadeira felicidade.

Miramez

ORAÇÃO A JESUS – CHICO XAVIER

“Senhor Jesus, que tua luz afaste do meu caminho as trevas que se projetam de mim mesmo; que tua inspiração me guie nas decisões que devo tomar a cada dia; que eu não seja instrumento do mal para ninguém; que tua bondade me ensine a ser melhor e que teu perdão me incline à misericórdia para com os meus semelhantes …”
“Mestre Amado, tem misericórdia de mim; não me deixes entregue aos próprios impulsos; que não me falte alegria e ânimo na tarefa que me confiaste; não me permitas a queda no comprometimento do serviço mediúnico; que a cada dia, eu me torne mais digno da confiança dos espíritos amigos.”
“Jesus,Divino Amigo, somos todos espíritos doentes, revelando as chagas que trazemos na alma .. cura-nos, Senhor, com teu amor, como curaste outrora os cegos e os paralíticos, os leprosos e os desequilibrados mentais! Cicatriza-nos as feridas de nossos muitos erros … não nos deixeis sem remédio da tua proteção, para que não venhamos a nos tornar mais doentes ainda…”
” Através de nossas mãos, Senhor, ampara nossos irmãos em humanidade- os tristes e desconsolados , os que estejam pensando em morrer e aqueles que, a todo instante, temem sucumbir ao peso da cruz …. que tenhamos a palavra certa para encorajá-los e o sorriso amigo que incentive na luta que todos travamos contra nossas próprias deficiência. Que, em teu nome, doemos o pão e o agasalho, o remédio e a esperança .. que onde estivermos sejamos um humilde traço da tua presença junto a quantos se desesperam!”
” Liberta-nos, Senhor do julgo de tentação; não nos consinta cair sob o assédio constante dos pensamentos infelizes … que os espíritos que nos atormentam se compadeçam de nós e nos perdoem o mal que lhes tenhamos feito outrora.”
Chico Xavier

Faça tudo com alegria.

Nada de contrariedade.
Nunca mostre tristeza ou aborrecimento.
Esforce-se para transformar a tristeza em alegria.
A tarefa realizada alegremente, a conversação sem tristeza, o comportamento jovial e descontraído, são fontes de saúde e paz.
Mesmo em dificuldades, esconda a tristeza e faça brotar a alegria.
Ela toma sabor especial.
Dá-lhe a certeza de saber dominar-se.
Aumenta o seu equilíbrio interior.
Gera tranquilidade.
Você se sente outra pessoa.
Comandar as emoções é sinal de que somos capazes de construir nosso destino.
Lourival Lopes.

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/