Merecemos o Céu ?

523457

Merecer o Céu

 

“Outra coisa é pensar

que merecemos o céu,

sem ter feito nada,

a favor de nosso melhoramento moral,

e do trabalho no exercício

do bem comum.”

pomba branca e ramo verde

vera jacubowski assina

desistir

Merecimento

 

Merecimento é justiça se tornando amor. Tudo que favorecemos para os outros, cria, por lei, um favorecimento para nós. Tudo que dermos, sobre as vistas do bom senso, propicia que mãos generosas preparem dádivas para nós. O que fazemos de bom para a coletividade, ela, mesmo inconsciente, nos devolve, sob a vigilância do Criador. Não obstante, se a usura se apoderar de nossos corações, estipulando preços pela fraternidade mudamos de endereço antes que a justiça nos alcance, e o pagamento fica sendo feito pelo outro.
Na Terra, certamente, os justos sofrem não porque sejam justos.
É porque seu quilate de justiça precisa aumentar, na seqüência do seu aprumo espiritual, e os métodos mais seguros são ainda, as dores e os problemas. As aparentes injustiças são canais benfeitores.
Quem tem olhos para ver, que veja o quanto Deus é, verdadeiramente, amor.
O espírito ignorante não paga pelos seus feitos; ele é uma máquina em experiência, que deve mudar de ritmo quando não funcionar bem. As dificuldades por que ele passa são muito maiores do que os males que lhe desejam os seus companheiros, por terem sido ofendidos.
A punição do que erra não vem de fora: é orientada por dentro da criatura, e a consciência sabe estimular o exterior, para dificultar todo o empenho da Alma que vive na desordem, recebendo aquilo que se lhe espelha na mente.
Se queres melhorar por fora, melhora por dentro, faze da tua mente um santuário divino, porque tu és o Espírito-Deus que habita no corpo.
E o Pai Celestial, que está em secreto, te ouvirá de todos os ângulos da criação.
O pecador, que aqui chamamos de ignorante, esse sofre muito; um pequeno problema se lhe avoluma, tanto quanto a sua mente lhe empresta inferioridade.
Não conhecendo os efeitos do perdão, padece com simples ofensa do seu igual.
Cria tempestade onde apenas existem algumas nuvens.
Impressiona-se com todos os tipos de sugestões, e acha que o mundo é retrato daquilo que acontece a alguns palmos do seu nariz..
Quem consegue esquecer uma falta, mesmo tateando em direção à benevolência, sentirá abrir-lhe, no coração, uma clareira de luz, por onde se avista, no lusco-fusco do animal que desaparece e do anjo que surge, o Cristo, de braços abertos, dizendo: ” A minha paz vos dou!…
Merecimento é conquista, mas conquista é Deus em nós, tornando-nos maiores.
O justo diante dos sofrimentos não sofre como os demais. Está acostumado a tirar, das experiências dolorosas, todos os tipos de glórias da vida.
Responde a todos os ataques com um sorriso, envolvido em profundo amor.
– Espírito Carlos –
Do livro: Tuas Mãos, Psicografia: João Nunes Maia.

pegadas

Comentários

Os comentários realizados nesse site não são armazenados em nosso banco de dados e podem ser excluídos diretamente na página da postagem.
*Note que para excluir o comentário será necessário encontrá-lo, clicar na caixa ao lado em seguida no botão excluir... Observando que só será possível excluir o comentário se o usuário estiver logado na mesma conta utilizada na hora que efetuou o comentário.

Política de Privacidade

Qualquer dúvida visite nossa Política de Privacidade: http://www.verdadeluz.com.br/politica-de-privacidade/